Menu
18 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Greve

Enfermagem da Santa Casa pode parar

Sem reajuste salarial profissionais farão assembléias na quarta-feira

19 Set2016Laureano Secundo07h32

Os profissionais em enfermagem da Santa Casa de Campo Grande realizam Assembleias nesta quarta-feira (21/09), nos períodos matutino, vespertino e noturno, para decidir sobre paralisação das atividades. A categoria reivindica 11,30% de reajuste salarial, mas enfrenta negativa da instituição e alega que a decisão foi tomada após tentativas de negociação salarial c0m a direção do hospital sem conseguir chegar a um acordo.

As Assembleias ocorrerão em frente à Santa Casa, na entrada principal, nos seguintes horários: 6h30min, 12h30min e 18h30min. Sem previsão do reajuste salarial, a categoria da enfermagem colocará em votação o indicativo da paralisação. Se aprovada, a partir de terça-feira (27/09) os trabalhadores cruzarão os braços.

Segundo o presidente do SIEMS (Sindicato dos Trabalhadores na Área de Enfermagem de Mato Grosso do Sul), Lázaro Santana, a data base da categoria é em maio, mas ainda em abril foi encaminhada a pauta de reivindicação dos trabalhadores ao departamento administrativo do hospital na tentativa de antecipar a negociação.

“Ocorreram duas rodadas de negociação entre o sindicato e representantes patronais, na última, em julho, a Santa Casa pediu prazo alegando não ter recursos naquele momento. Em assembleia, a categoria concordou em estender o prazo até setembro. No entanto, neste mês, após dois ofícios cobrando a retomada da negociação, recebemos a resposta de que o hospital não se encontra em condições financeiras para a realização de reajustes salariais para nenhuma categoria, nem sequer foi agendada reunião, demonstrando a falta de interesse da instituição”, explica o presidente sindical.

Veja Também

Sitiante é autuado por manter macaco-prego em cativeiro
Anvisa suspende venda de fraldas Huggies Turma da Mônica
Colisão frontal mata duas pessoas em rodovia
Simted rejeita proposta feita pela prefeitura de Corumbá
Governo do Estado promove 113 PMs a sargento
Campanha do Agasalho do Judiciário é prorrogada até o dia 10 de julho
Castração de gatos no CCZ deverá ser agendada presencialmente
Empresário sugere proibição de fogos de artifício com ruído
Deficientes poderão ser isentos de taxa de inscrição em concursos
Projetos proíbem cursos de graduação a distância na área da saúde