Menu
23 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Super banner TCE - Campanha Ouvidoria
Crime Ambiental

Empresa mineradora é autuada em R$ 20 mil

A empresa possuía a licença ambiental de instalação (LI), porém descumpria condicionante

6 Out2016Da redação12h20

 Policiais Militares Ambientais de Três Lagoas realizaram fiscalização ontem (5) à tarde, em uma empresa mineradora de basalto a céu aberto e verificaram que a atividade funcionava em desacordo com a autorização do órgão ambiental competente. A empresa possuía a licença ambiental de instalação (LI), porém descumpria condicionante. Não havia cobertura e nem piso de coleta de restos de combustíveis na área de abastecimento da frota, para prevenir poluição do solo, que era exigida na licença expedida e, como mostrava a bomba, já estava em atividade.

As atividades de abastecimento foram paralisadas e a empresa foi autuada administrativamente e multada em R$ 20.000,00. Os responsáveis poderão responder por crime ambiental de funcionar atividade potencialmente poluidora em desacordo com a autorização ambiental. A pena prevista é de detenção de três a seis meses.

Veja Também

Canditados já podem conferir se tiveram ou não isenção no Enem
Lei que dá desconto no IPTU a quem instalar câmeras é promulgada
Em Três Lagoas, artesãos serão cadastrados e receberão carteirinha
OAB-MS acionará CNJ contra obrigação de digitalizar processos
Vale Universidade Indígena convoca pré-habilitados para nova etapa
Governo premiará servidores que desenvolvem boas práticas no serviço público
Economia Parcelamento de dívidas de micro e pequenas empresas é regulamentado Valor da parcela mínima será de R$ 50,00 para o microempreendedor individual
Moringa pode purificar a água e ainda combater a desnutrição pelo mundo
Secretário fala de ações do Estado para reforçar a segurança na fronteira
Mercado reduz pela quarta vez a projeção de crescimento da economia