Campo Grande •20 de Setembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
ALMS - Gestão para Pessoas

Da redação | Domingo, 23 de Outubro de 2016 - 16h00Em Dourados, guardas municipais fazem curso de tiros com supervisão da PFGuarda Municipal de Dourados é autorizada a usar arma de fogo

(Foto: Divulgação)

Todo o efetivo da Guarda Municipal de Dourados, 110 agentes, está realizando desde o começo deste mês um curso de práticas de tiros, com objetivo de aperfeiçoamento. O curso é realizado praticamente quase todos os anos tendo em vista a necessidade de melhorar a segurança da população e dos próprios agentes.

O curso é de 100 horas de aulas teóricas e praticas, ministrado por um instrutor da própria Guarda Municipal, que é credenciado pela Polícia Federal. As aulas teóricas estão sendo ministradas na sede da GM e a prática, no Clube de Tiro, na BR-163, próximo ao Posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

De acordo com o comandante da Guarda Municipal, João Vicente Chencareck, todo o curso é supervisionado pela Polícia Federal. Ele lembra que a Guarda Municipal de Dourados é a única no Estado autorizada a usar arma de fogo e está enquadrada no Estatuto do Desarmamento desde 2010.

Para obter a garantia de usar arma de fogo, a Guarda precisa cumprir uma série de exigências: o guarda com porte tem que ser submetido a um teste de capacidade psicológica a cada dois anos por profissional credenciado pela PF, receber acompanhamento psicológico e apresentar relatórios ao comando da Guarda sempre que estiver envolvido em tiros em vias públicas, com ou sem vítimas, fazer curso anual de pelo menos 80 horas-aula e frequentar curso de técnica de tiro ministrado por profissionais credenciados.

De acordo com Chencareck, a Guarda Municipal de Dourados tem uma grande responsabilidade com a sociedade local e destacou a importância da integração entre os organismos de segurança.
“A Guarda de Dourados além da população, contribui inclusive com a Polícia Federal, atuando de forma preventiva. Nosso objetivo não é usar a arma para matar, mas para a defesa e proteção de vidas”, destaca.

Veja Também
Aprovado projeto que inclui tipagem sanguínea em documentos
Palestra sobre 'Relacionamento com Clientes' será nesta quinta-feira
Dia da Árvore terá programação especial no TJMS
CCR MSVia oferece exames clínicos gratuitos a caminhoneiros
Jovem que matou por ciúmes é condenada a 18 anos
MS é o 5º colocado no Ranking de Competitividade dos estados
Festival da Primavera será aberto nesta sexta em Antônio João
Eleitores faltosos estão isentos de multas eleitorais
Correios paralisam por tempo indeterminado
Minha Casa Minha vida sem recursos
Square Noticias UCDB
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
Rec banner - Patio central
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento