Menu
22 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Campo Grande

Duas unidades são habilitadas para atenção à saúde mental

Novas unidades foram habilitadas junto ao Ministério da Saúde

9 Jan2017Da redação14h55

O atendimento aos pacientes de saúde mental em Campo Grande foi ampliado, com habilitação de duas unidades junto ao Ministério da Saúde.  A partir deste mês, o Centro de Atenção Psicossocial (Caps) Vila Almeida e a Unidade de Acolhimento Adulto (UAA) -Pro dia nascer feliz- passam a contar com aporte financeiro do Governo Federal, em uma parceria eu garantirá  o que, melhorias nos serviços prestados.

A coordenadora de Saúde Mental da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), Ana Carolina Guimarães,  explica que com a habilitação o Caps Vila Almeida passa a ter classificação III, o que garante  um repasse de R$ 86 mil por mês.

A unidade funciona 24 horas, incluindo feriados e finais de semana, e tem oito leitos para receber pacientes psiquiátricos em estado grave. O atendimento é feito por distrito e oferece serviços de atenção contínua,  disponibilizando retaguarda clínica e acolhimento noturno a outros serviços de saúde mental.

Acolhimento - A Unidade de Acolhimento Adulto (UAA) – Pro dia nascer feliz –  localizada na Rua Joaquim Murtinho, nº 1786,  Bairro Antônio Vendas, passa  a disponibilizar 15 leitos para tratamento intensivo de usuários de álcool e drogas.

A coordenadora  explica que a UAA é uma unidade residencial transitória onde os pacientes podem permanecer por até seis meses. Durante este período é feito um trabalho intensivo, visando principalmente à reabilitação social do paciente.

A habilitação garante um aporte de R$ 25 mil por mês do Ministério da Saúde e também uma contrapartida do Governo do Estado que ainda está em negociação.

Rede de atenção à saúde mental - O atendimento à saúde mental de Campo Grande é composto por seis Centros de Atendimento Psicossocial, sendo três Caps III, 1 Caps – Álcool e Drogas (AD) III, 1 Caps IJ (Infantojuvenil) e 1 Caps II.

Ao todo, o município oferece 44 vagas para acolhimento noturno, 15  na unidade de acolhimento e dez destinadas a moradores em estado de rua na residência terapêutica.

Veja Também

Clima Alerta para umidade do ar em queda Temperatura em elevação poderá atingir a marca de 32°
Ação prende condutor embriagado e autua 154
Ministério da Educação e FNDE fazem pesquisa sobre transporte escolar
Ministério Público investiga falhas em Hospital de Sonora
Comissão aprova crime de importunação sexual no Código Penal
Aprovado projeto que dobra gratificação de secretários de escola
Aeronaves do Estado são vistoriadas pelo MPE
Telemarketing pedirá ajuda para Cotolengo
MPE se posiciona sobre acidente entre ônibus e trem
Prefeitura de Corumbá anuncia expediente especial nos dias de jogos do Brasil