Campo Grande •19 de Janeiro de 2018  • Ano 7
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner águas guariroba - campanha dezembro

Da redação | Segunda, 9 de Janeiro de 2017 - 14h55Duas unidades são habilitadas para atenção à saúde mentalNovas unidades foram habilitadas junto ao Ministério da Saúde

(Foto: Divulgação)

O atendimento aos pacientes de saúde mental em Campo Grande foi ampliado, com habilitação de duas unidades junto ao Ministério da Saúde.  A partir deste mês, o Centro de Atenção Psicossocial (Caps) Vila Almeida e a Unidade de Acolhimento Adulto (UAA) -Pro dia nascer feliz- passam a contar com aporte financeiro do Governo Federal, em uma parceria eu garantirá  o que, melhorias nos serviços prestados.

A coordenadora de Saúde Mental da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), Ana Carolina Guimarães,  explica que com a habilitação o Caps Vila Almeida passa a ter classificação III, o que garante  um repasse de R$ 86 mil por mês.

A unidade funciona 24 horas, incluindo feriados e finais de semana, e tem oito leitos para receber pacientes psiquiátricos em estado grave. O atendimento é feito por distrito e oferece serviços de atenção contínua,  disponibilizando retaguarda clínica e acolhimento noturno a outros serviços de saúde mental.

Acolhimento - A Unidade de Acolhimento Adulto (UAA) – Pro dia nascer feliz –  localizada na Rua Joaquim Murtinho, nº 1786,  Bairro Antônio Vendas, passa  a disponibilizar 15 leitos para tratamento intensivo de usuários de álcool e drogas.

A coordenadora  explica que a UAA é uma unidade residencial transitória onde os pacientes podem permanecer por até seis meses. Durante este período é feito um trabalho intensivo, visando principalmente à reabilitação social do paciente.

A habilitação garante um aporte de R$ 25 mil por mês do Ministério da Saúde e também uma contrapartida do Governo do Estado que ainda está em negociação.

Rede de atenção à saúde mental - O atendimento à saúde mental de Campo Grande é composto por seis Centros de Atendimento Psicossocial, sendo três Caps III, 1 Caps – Álcool e Drogas (AD) III, 1 Caps IJ (Infantojuvenil) e 1 Caps II.

Ao todo, o município oferece 44 vagas para acolhimento noturno, 15  na unidade de acolhimento e dez destinadas a moradores em estado de rua na residência terapêutica.

Veja Também
Procon recolhe 197 produtos em estabelecimento comercial
Janeiro Roxo conscientiza a população sobre a hanseníase
205 redações do Enem desrespeitam direitos humanos
Agesul libera desvio e restabelece o tráfego na rodovia MS-338
Corumbá já registrou 68 casos de conjuntivite neste ano
Divulgada resolução que orienta sobre inscrições no Vale Universidade
3º Pré-Carnaval do Valu será neste sábado com entrada franca
MEC antecipa data do Sisu; inscrições começam dia 23
Em 17 dias, 24 mil buracos foram tapados na Capital, diz prefeitura
Agesul libera desvio e restabelece o tráfego na MS-338
Square notícias UCI 2018
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothNews
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2018 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento