Menu
24 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Governo do Estado - Gestão por Competência
Campo Grande

Duas unidades são habilitadas para atenção à saúde mental

Novas unidades foram habilitadas junto ao Ministério da Saúde

9 Jan2017Da redação14h55

O atendimento aos pacientes de saúde mental em Campo Grande foi ampliado, com habilitação de duas unidades junto ao Ministério da Saúde.  A partir deste mês, o Centro de Atenção Psicossocial (Caps) Vila Almeida e a Unidade de Acolhimento Adulto (UAA) -Pro dia nascer feliz- passam a contar com aporte financeiro do Governo Federal, em uma parceria eu garantirá  o que, melhorias nos serviços prestados.

A coordenadora de Saúde Mental da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), Ana Carolina Guimarães,  explica que com a habilitação o Caps Vila Almeida passa a ter classificação III, o que garante  um repasse de R$ 86 mil por mês.

A unidade funciona 24 horas, incluindo feriados e finais de semana, e tem oito leitos para receber pacientes psiquiátricos em estado grave. O atendimento é feito por distrito e oferece serviços de atenção contínua,  disponibilizando retaguarda clínica e acolhimento noturno a outros serviços de saúde mental.

Acolhimento - A Unidade de Acolhimento Adulto (UAA) – Pro dia nascer feliz –  localizada na Rua Joaquim Murtinho, nº 1786,  Bairro Antônio Vendas, passa  a disponibilizar 15 leitos para tratamento intensivo de usuários de álcool e drogas.

A coordenadora  explica que a UAA é uma unidade residencial transitória onde os pacientes podem permanecer por até seis meses. Durante este período é feito um trabalho intensivo, visando principalmente à reabilitação social do paciente.

A habilitação garante um aporte de R$ 25 mil por mês do Ministério da Saúde e também uma contrapartida do Governo do Estado que ainda está em negociação.

Rede de atenção à saúde mental - O atendimento à saúde mental de Campo Grande é composto por seis Centros de Atendimento Psicossocial, sendo três Caps III, 1 Caps – Álcool e Drogas (AD) III, 1 Caps IJ (Infantojuvenil) e 1 Caps II.

Ao todo, o município oferece 44 vagas para acolhimento noturno, 15  na unidade de acolhimento e dez destinadas a moradores em estado de rua na residência terapêutica.

Veja Também

Lei que dá desconto no IPTU a quem instalar câmeras é promulgada
Parque da Capital é fiscalizado após denúncia popular
Canditados já podem conferir se tiveram ou não isenção no Enem
Em Três Lagoas, artesãos serão cadastrados e receberão carteirinha
OAB-MS acionará CNJ contra obrigação de digitalizar processos
Vale Universidade Indígena convoca pré-habilitados para nova etapa
Governo premiará servidores que desenvolvem boas práticas no serviço público
Economia Parcelamento de dívidas de micro e pequenas empresas é regulamentado Valor da parcela mínima será de R$ 50,00 para o microempreendedor individual
Moringa pode purificar a água e ainda combater a desnutrição pelo mundo
Secretário fala de ações do Estado para reforçar a segurança na fronteira