Campo Grande •21 de Novembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Governo - Governo Presente - Matrícula

Da redação | Segunda, 21 de Agosto de 2017 - 13h51Procon autua postos de combustíveis e conveniênciaVinte e três produtos vencidos foram encontrados na conveniência

  
(Foto: Divulgação/Governo do Estado)
  • (Foto: Divulgação/Procon-MS)

A Força-tarefa da Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor (Procon/MS), ligada à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo (Decon), do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), e da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) inspecionou sete postos de combustíveis da Capital e duas conveniências nesse fim de semana.

A ação foi coordenada nacionalmente pela ANP com o objetivo de verificar a qualidade dos combustíveis vendidos aos consumidores. A equipe de fiscalização do Procon autuou dois postos por ausência de informação clara sobre diferenciação de preços e por falta de visibilidade das placas e uma loja de conveniências por expor à venda produtos vencidos.

Em um dos estabelecimentos, os preços expostos na entrada do posto informam somente o preço em dinheiro e débito. O posto pratica diferenciação de preços, mas o preço do combustível no crédito está exposto apenas nas bombas. No outro local, o valor do Diesel S500 não estava visível e as placas em locais de difícil constatação à distância. Além disso, a placa do percentual de diferenciação entre o preço da gasolina e do álcool continha informação errônea.

Os técnicos da ANP fizeram testes para verificar o percentual de etanol na gasolina e de água no etanol e recolheram amostras para análise da qualidade dos combustíveis.

Na conveniência, foram encontrados 23 produtos com prazo de validade expirado, entre pacotes de amendoim crocante e bebidas. Os itens vencidos foram descartados no local, na presença dos fiscais.

Os técnicos da ANP fizeram testes para verificar o percentual de etanol na gasolina e de água no etanol e recolheram amostras para análise da qualidade dos combustíveis. Os fiscais do Inmetro realizaram a análise da conformidade das bombas nos sete postos, verificando entre outros itens, se as instruções estão corretas, se o valor confere com o volume de combustível, se há vazamentos, volume mínimo, o comprimento das mangueiras das bombas e a vazão de litros por minuto. No total, 33 bicos de gasolina e etanol foram examinados pelo Inmetro.

Veja Também
Anvisa aprova novo medicamento para tratar câncer de bexiga
Empresa garimpa talentos em comunidade negra na Capital
TSE lança canal no Twitter para tirar dúvidas do eleitor
Operação combate publicidade irregular em Três Lagoas
Investigação descarta febre amarela em macaco
Prazo para renovação do Fies é prorrogado para 30 de novembro
Audiência debate mobilidade da Av. Bandeirantes e Rua Brilhante
Recapeamento interdita trechos da Avenida Mato Grosso
Segunda, 20 de Novembro de 2017 - 11h20Prefeitura convoca clínicos e especialistas para reforçar atendimentos de urgência Edital de convocação nº 40/2017 foi publicado na edição desta segunda-feira (20)
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
Rec banner - Patio central
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento