Menu
21 de outubro de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner CCR-MS Via
Educação

Divulgação do resultado do Enem é antecipado para 18 de janeiro

É necessário informar o CPF e a senha cadastrada no momento da inscrição

12 Jan2018Da Agência Brasil11h01

O Ministério da Educação antecipou em um dia a divulgação do resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017. A partir de 18 de janeiro os estudantes poderão consultar os resultados individuais na Página do Participante, na internet. A nova data foi divulgada hoje (12) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

É necessário informar o CPF e a senha cadastrada no momento da inscrição no Enem. Quem não se lembra da senha pode recuperá-la na Página do Participante. É com ela que o estudante também terá acesso ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que ficará aberto de 29 de janeiro a 1º de fevereiro.

Os resultados dos participantes com menos de 18 anos, comumente chamados de treineiros, serão liberados 60 dias depois da divulgação regular. O mesmo prazo vale para os espelhos de correção das redações. O acesso ao espelho de correção é uma forma de o participante saber como se saiu em cada uma das cinco competências avaliadas pela prova.

Os estudantes podem usar o resultado das provas do Enem em processos seletivos para vagas no ensino público superior, pelo Sisu, para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Veja Também

Ação pela Paz terá serviços gratuitos na praça Belmar Fidalgo
Três Lagoas promete maior rigor contra descarte irregular de lixo
UFMS faz campanha divertida pela preservação de livros
Samu de Dourados alerta para ‘fake news’ sobre emprego
Corumbá oferece 150 exames de mamografia para livre demanda até dia 31
UFGD repudia símbolo nazista em cartaz da universidade
Alunos da Reme premiados em concurso de educação ambiental
Cartilha do Jovem Cinsumidor ganha 2ª edição
Anvisa aprova novos tratamentos contra o câncer
Estudo relaciona 12% das mortes por câncer de mama ao sedentarismo