Menu
28 de março de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Folia

Desfile Cultural e show marcaram última noite de carnaval em Corumbá

Noite de terça-feira foi de muita alegria e nostalgia na avenida General Rondon

26 Fev2020Da redação14h32

A noite de terça-feira foi de muita alegria e nostalgia na avenida General Rondon. Apesar da forte chuva que atingiu a região no final da tarde, a última noite do Carnaval de Corumbá começou com o tradicional Desfile Cultural, uma viagem às festas de décadas passadas.

O corso, uma reunião de carros antigos e bem conservados, foi o primeiro a passar pela avenida. Em seguida desfilaram os Fuscas, automóvel que deixou de ser produzido há anos, mas ainda mantém uma verdadeira legião de amantes.

O Carnaval Cultural prosseguiu com o charme e elegância das Pastorinhas. A ala é toda formada por senhoras trajadas de fantasias que remetem ao século passado. Não há competição, só festa e saudades deixada pelo tempo.

O bloco do Frevo levantou as arquibancadas.  O ritmo é uma dança em compasso binário e andamento rápido, surgida no final do sXIX, na qual os dançarinos, portando guarda-chuvas fantasiosos, executam coreografia individual, marcada por ágil movimento de pernas que se dobram e se estiram freneticamente.

Os Marinheiros, precursores do carnaval corumbaense desfilaram em seguida. Encerrando a apresentação, o Bloco dos Palhaços comemorou 33 anos de fundação com muita cor, animação e descontração.

Na Praça Generoso Ponce, Reinaldinho, ex-vocalista do grupo Terra Samba, foi a principal atração. Ele recordou hits antigos e novos, contagiando os presentes. Já durante a madrugada desta quarta-feira, um show local fechou a última noite do Carnaval de Corumbá.

Veja Também