Menu
18 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Trabalho

Deputada defende piso salarial para farmacêuticos de MS

Categoria reivindica o valor de R$ 3.748 por 44 horas trabalhadas

19 Mar2017Da redação11h00

A deputada estadual Mara Caseiro (PSDB) defende um piso salarial para farmacêuticos de MS. A categoria reivindica o valor de R$ 3.748 por 44 horas trabalhadas; R$ 2.811 para jornada de 30 horas semanais, R$ 1874 para 20 horas por semana e R$ 937 por 12 horas semanais trabalhadas.

Durante a audiência pública na Assembleia Legislativa, foram feitos ajustes à proposta, elaborada por Mara Caseiro em parceria com os deputados Paulo Siufi (PMDB) e Rinaldo Modesto (PSDB), integrantes da Comissão de Saúde da Casa.

"Nossa intenção é valorizar o profissional farmacêutico, uma vez que os salários estão em discrepância se houver comparação entre estados e entre os próprios municípios do Estado. Isso sem contar com os farmacêuticos que se capacitam, fazem cursos e pós graduação, e que também precisam ser valorizados em sua remuneração", defendeu a parlamentar.

Com as sugestões dos profissionais acatadas durante a audiência pública desta tarde, a proposta será reestruturada e levada para discussão com o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), uma vez que o projeto deve partir do poder Executivo.

Veja Também

Prefeitura entrega cobertores para famílias carentes da Capital
Seja Digital intensifica agendamentos nos CRAS  a partir de segunda
Entidades de classe defendem Plano Diretor da Capital
Comissão aprova vacinação obrigatória e gratuita contra leishmaniose
Curso orienta sobre alimentação e não desperdício de alimentos
Limpeza em lagoa resulta na retirada de 50 sacos de lixo
Incêndio destrói depósito de recicláveis
Portugal libera uso da maconha para fins medicinais
Médico lança 'Dicionário de Saúde e Segurança do Trabalhador'
Obras e projetos anunciados para a Capital