Menu
26 de maio de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega banner FIEMS - Mês da Industria
Data especial

Deficientes visuais presenteiam mães servidoras

QuickMassage faz parte do Projeto Mãos que Falam, curso de capacitação em massoterapia

14 Mai2017Da redação07h29

As servidoras públicas da Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação (Agetec) ganharam um mimo, a QuickMassage, oferecida em parceria entre a Agência e o Instituto Sul-Mato-Grossense para Cegos Florivaldo Vargas, o Ismac.

A QuickMassage faz parte do Projeto Mãos que Falam, curso de capacitação em massoterapia onde os deficientes visuais e pessoas com baixa visão podem fazer gratuitamente no Instituto. “Todas as pessoas que são atendidas pelo Ismac podem fazer cursos de capacitação e um deles é o de massoterapia”, explica Soraia Lobo, estagiária de Assistência de Serviço Social do Instituto.

Para Thereza Christina, servidora da Agetec, a massagem recebida foi especial. “É impressionante a precisão e a habilidade desses profissionais. Eu que sempre faço esse tipo de massagem percebi grande diferença, mesmo não enxergando eles conseguem atingir com muito mais precisão os pontos de tensão, aplicando de forma superior as técnicas manuais de massagem”, disse.

Acometido por uma síndrome raríssima há cinco anos, o massoterapeuta formado pelo Ismac, Luiz Ortega, perdeu completamente a visão. “Não foi fácil.Naquela época achava que somente eu estava passando por isso”, conta. Foi então que ele conheceu o Ismac. “Quando eu cheguei lá percebi que minha vida não havia terminado, mas que novas oportunidades estavam surgindo com um novo sentido de vida, e hoje eu sou feliz”, conta Luiz.

Segundo Diretor-Presidente da Agetec, Paulo Fernando Garcia Cardoso, o carinho e a habilidade com que esses profissionais realizam suas atividades devem servir de exemplo para aqueles que não se empenham nas atividades que realizam. “Eu sempre admirei as pessoas com necessidades especiais e assim como o nosso Prefeito, faço de tudo para que estejam sempre por perto, trazendo alegria que contagia e exemplos que levamos para a nossa vida”, disse.

O objetivo do curso, que acontece desde 2008 numaparceria entre Ismace o Senac, é inserir(ou reinserir) as pessoas com algum tipo de deficiência visual no mercado de trabalho.“Todos aqueles que fazem os cursos no Instituto são redirecionados e acompanhados por nossos profissionais com o suporte necessário”, explica Renata Araújo Silva Teixeira, Assistente Social do Ismac.

O curso que acontece anualmente formou no ano passado 18 profissionais em  massoterapia. A próxima turma iniciará no próximo dia 22 de maio.

Veja Também