Menu
22 de julho de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Benefício

Decola MS poderá reduzir preços das passagens aéreas

Programa concede incentivo fiscal e diminui custos para empresas que trouxeram voos para MS

19 Jun2019Da redação09h01

O programa Decola MS reduzirá o ICMS do querosene de aviação para as empresas aéreas que ampliarem as linhas em Mato Grosso do Sul. O decreto criando o programa foi assinado nesta terça-feira, 18 de junho, pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB). A redução do valor irá variar de acordo com o número de voos acrescentados. A alíquota atual é de 17%, mas poderá oscilar de 12% a 1,41%.

“Esse decreto dá um incentivo fiscal e diminuiu o custo das empresas aéreas que trouxerem voos a Mato Grosso do Sul. Isso vem em um bom momento, que é quando o Brasil abre o capital internacional para as empresas aéreas poderem trazer novos voos e se instalarem no Brasil. Agora temos um instrumento jurídico, que só foi convalidado a sete estados, que dá competitividade muito maior a Mato Grosso do Sul para atrair turistas, mas também baratear as passagens para as empresas que operam no Estado”, afirmou Reinaldo Azambuja.

Conforme o governo do Estado, a redução foi convalidada pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz). A diminuição da alíquota, aliás, segue exemplos de outros estados que têm estimulado a oferta de voos comerciais. Ainda de acordo com o governo, a criação do programa atende solicitações de vários deputados estaduais.

Novos voos e passagens mais baratas - De acordo com o secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, duas companhias aéreas já confirmaram a criação de novos voos em Mato Grosso do Sul. A GOL terá dois voos adicionais em Campo Grande e passará a operar no município de Bonito. E a Azul passará a operar em Ponta Porã.

Jaime Verruck explicou que a redução da carga tributária também pode influenciar os preços das passagens. “O principal custo da aeronave é o combustível. Reduzindo esse custo, as empresas aéreas podem diminuir o preço”, disse. Com o programa, a carga tributária total efetiva do ICMS da querosene de aviação poderá oscilar de 12% a 1,41%.

(Com informações da assessoria de imprensa do governo do Estado)

Veja Também