Campo Grande •13 de Dezembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner ALMS - Materiais Campanha Gestão para Pessoas Sustentação

Agência Brasil | Quarta, 19 de Outubro de 2016 - 19h34Cunha usou propina para custear casamento da filha, suspeita Lava JatoLinha de investigação foi aberta após a quebra do sigilo bancário de empresas ligadas ao ex-parlamentar

(Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)

A força-tarefa de procuradores da Operação Lava Jato investiga se o ex-deputado federal Eduardo Cunha usou propina para custear o casamento de uma de suas filhas, Danielle Cunha, em 2011. As suspeitas dos procuradores constam no pedido de prisão, deferido hoje (19) pelo juiz federal Sérgio Moro.

A linha de investigação foi aberta após a quebra do sigilo bancário de empresas ligadas ao ex-parlamentar, acusado de manter contas não declaradas na Suíça para ocultar recebimento de propina em um contrato da Petrobras no Benin, na África.

De acordo com os investigadores, o custo do aluguel do hotel Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, para realização da festa foi de R$ 266 mil, mas não há registros de saques em contas bancárias que comprovem a origem dos recursos para o pagamento do serviço.

Segundo os procuradores, a pedido de Danielle, a nota fiscal do aluguel foi feita em nome da C3 Produções, empresa ligada a Cunha e suspeita de lavar o dinheiro obtido ilicitamente por ele. Os pagamentos foram feitos em depósito bancários em dinheiro.

“Embora a questão ainda mereça maior aprofundamento, resta claro que o dinheiro usado para o pagamento do casamento de Danielle Cunha era proveniente de crimes contra a administração pública praticados pelo seu pai, o ex-deputado federal Eduardo Cunha”. afirmam os investigadores.

A prisão foi decretada na ação penal em que o deputado cassado é acusado de receber R$ 5 milhões, que foram depositados em contas não declaradas na Suíça. O valor seria oriundo de vantagens indevidas, obtidas com a compra de um campo de petróleo pela Petrobras em Benin, na África. O processo foi aberto pelo Supremo Tribunal Federal (STF), mas após a cassação do ex-deputado, a ação foi enviada para o juiz Sérgio Moro porque Cunha perdeu o foro privilegiado.

"Decisão absurda" - Em nota, o ex-deputado Eduardo Cunha afirmou que a decretação da prisão é uma "decisão absurda" e "sem motivação".

Conforme a  nota, "a referida ação cautelar do Supremo, que pedia minha prisão preventiva, foi extinta e o juiz, nos fundamentos da decretação de prisão, utiliza os fundamentos dessa ação cautelar, bem como de fatos atinentes a outros inquéritos que não estão sob sua jurisdição, não sendo ele juiz competente para deliberar".

Veja Também
FlexPark tem 10 dias para esclarecer sobre aplicativo
Empresas envolvidas em corrupção serão impedidas de firmar contratos com o Governo
Terça, 12 de Dezembro de 2017 - 12h47Veja onde acontecem obras e serviços da CCR MSVia na BR-163/MS Obras poderão ser interrompidas em caso de chuvas
Terça, 12 de Dezembro de 2017 - 12h10Bosque dos Ipês recebe Mostra de Foto-Arte de artista renomada no Estado Nesta terça-feira, às 20h o público poderá vir ao vernissage e conhecer as telas de Lúcia Martins Coelho Barbosa
Terça, 12 de Dezembro de 2017 - 11h52TAC das Demarcações, uma década de descumprimento Desta forma, são privados dos serviços públicos como fornecimento de água e energia elétrica
IBGE estima queda de 9,2% na safra de cereais de 2018
Terça, 12 de Dezembro de 2017 - 09h33BC sinaliza que pode fazer novo corte na taxa básica de juros em fevereiro Expectativa de instituições financeiras é que essa taxa seja reduzida em 0,25 ponto percentual na próxima reunião do comitê,...
Terça, 12 de Dezembro de 2017 - 09h15Prefeitura deposita décimo terceiro dos servidores públicos nesta terça-feira Dinheiro poderá ser sacado amanhã, dia 13
Terça, 12 de Dezembro de 2017 - 07h48Fundesporte premiará os melhores do ano em evento na Capital Solenidade está marcada para às 19h30 no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, na Capital
Terça, 12 de Dezembro de 2017 - 07h30Calor predomina no Estado Capital tem mínima de 21ºC e máxima de 32ºC
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
Rec banner - Patio central
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento