Menu
18 de dezembro de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Mega Banner Pátio Central - Natal
Construção Civil

Crise econômica diminuiu acidentes na construção civil

Mais de mil acidentes foram registrados entre os anos de 2012 e 2017

16 Abr2018Elaine Silva - Especial para Diário Digital08h30

“A queda no número de acidentes está ligada a crise econômica, o motivo é pelo fato do mercado estava aquecido”, informou o Juiz do trabalho Márcio Alexandre da Silva. Apesar de ter diminuído com o período de crise o número de acidente podem aumentar conforme o mercado voltar a crescer.  

Em cinco anos os números registrados alcançaram mil casos, mas ainda há aqueles que não foram registrados. Hoje (16) a Justiça do Trabalho, Ministério do Trabalho e os Centros de Referências em Saúde do Trabalhador, realizaram uma ação em conscientização em uma empresa de obras.

Na área da construção civil a categoria que tem maior caso acidentes registrados são o servente. “O ambiente é hostil, entre os anos de 2012-2017 foram registrados 200 acidentes por ano, sendo quase um por dia em dias úteis. A classe mais afetada são os serventes, a maioria do registro são deles, por conta de estarem em toda a obra. Estamos aqui para verificar as condições de trabalho, além de falar da prevenção e cuidados”, relata o procurador-chefe do MPT Leontino Ferreira de Lima Junior.

Entre os trabalhadores da construção a maioria dos acidentes acontece com homens entre 18 e 24 anos que estão em classes de baixa remuneração. “Um acidente de trabalho gera muito sofrimento de 10 trabalhadores que sobre acidente ao ano, 40 estão inválidos”, informa o Juiz.

Segurança–  O primeiro fiscal é o trabalhador, ele tem que chegar e conferir sua área de trabalha, além de cobrar da empresa os equipamentos de segurança coletivo e individual, além dos treinamentos disponibilizados pela empresa, assim os números de acidentes acontecem de maneira reduzida, esse é o objetivo da visita técnica.

Abril Verde -  A ação faz parte do Movimento Abril Verde, campanha de âmbito nacional que pretende alertar a sociedade para a importância de prevenção de acidentes e doenças decorrentes da atuação profissional.

Veja Também

CNJ aprova novo auxílio-moradia de até R$ 4.377,73 para magistrados
MPF obriga DNIT a adotar medidas de proteção à fauna pantaneira
Estudo indica que zika pode provocar infertilidade em homens
Inep: quase 300 instituições têm 'nota baixa' de qualidade
Ex-sargento da PM sofre nova condenação
Asilo de Battisti teve motivação político-partidária, diz Sérgio Moro
Resolução define plano de trabalho para agentes de saúde
Confira a escala dos postos de saúde nesta terça-feira
Ato incineratório Defron vai queimar 6.540 kg de drogas Material que será incinerado é produto de apreensões feitas durante o ano
Planalto Posse de Bolsonaro terá de 250 a 500 mil pessoas Cerimonial da presidência espera multidão em Brasília no dia 1º de janeiro