Menu
11 de dezembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Tarifa

Deputados e vereadores vão investigar Energisa

Vereadores voltam a tras e deputados ratificam posição de não criar CPI

30 Out2019Da redação11h50
(Foto: Luciano Muta)
  • Comissões terão prazo para ouvir representantes da sociedade e da empresa
  • (Foto: Luciano Muta)
  • (Foto: Luciano Muta)

Tanto a Assembleia Legislativa quanto a Câmara Municipal de Vereadores optaram por criar comissões de investigação ao invés de CPIs (comissões parlamentares de inquérito) para apurar supostas cobranças abusivas da Energisa. O vereador Vinícius Siqueira (DEM) conseguiu 11 assinaturas, número necessário para abrir uma CPI mas na manhã de hoje atendendo a um parecer do setor juridico da Cãmara  a CPI foi "cancelada".

Na Assembleia Legislativa a decisão pela criação de uma comissão de investigação foi tomada pelas lideranças dos partidos e blocos partidários. A comissão poderá ser formalizada na próxima semana quando os líderes dos partidos indicarem os parlamentares que devem integrar o grupo que irá investigar as tarifas.

Vereadores de Campo Grande acabaram desistindo da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que iria investigar os valores altos cobrada pela Energisa. De acordo com vereador João Rocha (PSBD), será realizada uma comissão especial. Conforme o apurado a comissão que será formada por Vinícius Siqueira (DEM), André Salineiro (PSDB) e Valdir Gomes (PP). Eles irão investigar a Energisa, irão analisar os cálculos feitos pela concessionaria em cima das contas de luz. Após as investigações um relatório será enviado para Assembleia Legislativa.

Veja Também

Sistema de Vigilância é ativado na Penitenciária de Dourados
Instrução Normativa estabelece padrão de qualidade e identidade para a cerveja
Prefeitura vai concluir prolongamento da Avenida Rita e novo acesso ao macroanel
Mais de 300 mil vítimas ficarão sem Seguro DPVAT no ano que vem
Governo anuncia versão digital de diplomas com custo 80% menor
Período para pré-matrícula da REE segue aberto até 31 de dezembro
Chove o dia inteiro
Dpvat é ineficiente, afirma estudo do governo
Sindicato do transporte levará propostas à categoria
Morre o advogado e radialista Iussef Tajher Iunes