Menu
18 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Agosto Lilás

Corumbá oferece aula de defesa pessoal para mulheres

Minicurso, com duração de uma hora e meia, é oferecido a servidoras municipais

23 Ago2017Da redação17h39

Aula de defesa pessoal ministrada por instrutor de Krav Magá será promovida pela Prefeitura de Corumbá no dia 29 de agosto. O minicurso, com duração de uma hora e meia, é oferecido a servidoras municipais, mas a intenção é promovê-lo uma vez por mês nos bairros. A iniciativa faz parte da programação da campanha Agosto Lilás que está promovendo palestras e atividades com o intuito de massificar informações sobre a Lei Maria da Penha. De iniciativa do Governo do Estado, a campanha é organizada no município pela Coordenadoria de Políticas Públicas para a Mulher, órgão vinculado à Secretaria Especial de Cidadania e Direitos Humanos.

“Acredito que após todo esse cronograma do Agosto Lilás envolvendo palestras e massificando a Lei Maria da Penha, nada mais coerente e relevante a gente proporcionar às mulheres uma aula de defesa pessoal para elas se defenderem dos possíveis agressores. Muitas delas são trabalhadoras, ficam em pontos de ônibus, onde acontecem pequenos furtos e assédio, por isso, pensamos em oferecer no Agosto Lilás essa aula para orientar mulheres e deixá-las mais atentas em algumas situações e, se tiver que se defender, partir para as técnicas de defesa pessoal”, afirmou Wania Alecrim, coordenadora de Políticas Públicas para a Mulher.
 
A aula será ministrada por Cristiano Nascimento, único instrutor da técnica pela KMG (Krav Maga Global) em Mato Grosso do Sul. “O Krav Magá é uma técnica de defesa pessoal e ajuda mulheres que sofrem de abusos no lar a se protegerem de várias formas, tanto prevenindo quanto solucionando o problema. Às vezes, ela não vai precisar nem bater, mas resolver a questão. Existem três tipos de agressões: visual, verbal e física. O Krav Magá vem para solucionar esses três tipos de problemas. Com a agressão física, você utiliza as ferramentas que aplicamos nas aulas que ministramos”, afirmou Cristiano.
 
De acordo com o instrutor, independente da diferença de tamanho existente entre homem e mulher, ela pode se defender sem nenhuma dificuldade. “Não existe tamanho, existe técnica. O homem sente dores como qualquer pessoa, então, passamos as ferramentas que ela pode utilizar para se defender, por exemplo, chute na área genital, olhos e garganta”, disse Cristiano.
 
No dia 29, será feito treinamento para que as participantes entendam que podem sair do problema rápido. O objetivo é que a mulher aprenda a manter autocontrole no momento da situação para que possa evitar a agressão. “Você consegue sair do problema o mais rápido possível, não só utilizando as ferramentas que ensinamos como chutes, mordidas, palma da mão, como também outras como a possibilidade de usar cadeira e mesa”, afirmou o instrutor de Krav Magá.
 
O Krav Magá é uma técnica de defesa pessoal israelense cujo termo hebraico significa “combate de contato”. O Krav Magá envolve técnicas de lutas, torções, defesa contra armas, bastões, facas, agarramentos e golpes. Desenvolvido para ser utilizada em situações de sobrevivência, enfatiza neutralização de ameaças, manobras de defesa, ataques simultâneos e agressão.
 
Agosto Lilás - O Município promove, desde o início de agosto, palestras, rodas de conversa, exibição de vídeos, ações de saúde, entrevistas, panfletagem em escolas, CRAS, associações de bairro, igrejas, no CRAM, Câmara de Vereadores, nas ruas, regiões ribeirinhas e assentamentos sobre a Lei Maria da Penha. A campanha Agosto Lilás conta com parceria de várias entidades. Além de todas as secretarias do Município, participam da campanha a OAB de Corumbá, Polícia Civil, Polícia Militar, Defensoria Pública, Ministério Público, igrejas, associações e outras instituições. 

 

Veja Também

Prefeitura entrega cobertores para famílias carentes da Capital
Seja Digital intensifica agendamentos nos CRAS  a partir de segunda
Entidades de classe defendem Plano Diretor da Capital
Comissão aprova vacinação obrigatória e gratuita contra leishmaniose
Curso orienta sobre alimentação e não desperdício de alimentos
Limpeza em lagoa resulta na retirada de 50 sacos de lixo
Incêndio destrói depósito de recicláveis
Portugal libera uso da maconha para fins medicinais
Médico lança 'Dicionário de Saúde e Segurança do Trabalhador'
Obras e projetos anunciados para a Capital