Menu
19 de julho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
II Congresso de Empresas Familiares
Interior

Corumbá cria equipe especial para fiscalizar transporte irregular

Objetivo é combater transporte clandestino de passageiros em mototáxis e táxis

5 Ago2017Da redação17h38

O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira anunciou a criação de uma equipe especial para combater o transporte clandestino de passageiros em mototáxis e táxis na cidade. O anúncio aconteceu na manhã desta quinta-feira, 03 de agosto, durante a entrega do kit obrigatório (colete e camiseta) para 49 mototaxistas autorizados. Essa equipe exclusiva contará com representantes dos mototaxistas credenciados pelo Município e do Sindicato dos Taxistas.
 
“Vamos montar uma equipe especial de fiscalização para identificar os mototaxistas que atuam irregularmente na cidade. Essa equipe, do Poder Público Municipal, será formada por funcionários que a Agetrat vai indicar. Deixamos uma vaga para que vocês indiquem um nome de confiança para, junto conosco, compor essa fiscalização”, anunciou o prefeito ao discursar durante a solenidade no auditório da Prefeitura. Ruiter informou que o Sindicato dos Taxistas também vai indicar um nome, da categoria, para “fiscalizar a situação dos taxistas irregulares”.
 
A medida, explicou o chefe do Executivo corumbaense, tem como objetivo “coibir o transporte clandestino feito por mototaxistas e taxistas que atuam irregularmente na nossa cidade”. Essa equipe terá a missão exclusiva de fiscalizar o setor para que as providências contra o serviço irregular possam ser devidamente tomadas pelos órgãos competentes.
 
“Os integrantes da equipe vão trabalhar para fiscalizar o segmento e identificar o problema para que os órgãos competentes tomem as atitudes legais que o caso requer. Se for de competência do poder Executivo Municipal, nós tomaremos as providências. Se for para encaminhar aos órgãos de repressão, como Polícia Militar e Polícia Civil, vamos encaminhar”, declarou Ruiter.
 
Aos mototaxistas credenciados presentes na entrega dos kits obrigatórios, o prefeito pediu que o nome indicado – pode ser uma lista tríplice – precisa ser de confiança da categoria e conhecer bem o setor. “Vamos montar imediatamente essa equipe, a Agetrat já começa a trabalhar com isso a partir de hoje para coibirmos o transporte clandestino feito por mototaxistas e taxistas irregulares”, finalizou.

 

Veja Também

Poder Público ocupará vagões na Orla Ferroviária
MPE tenta garantir a proteção do idoso no momento da internação
Acadêmicos da UFMS devem se cadastrar para passe do estudante a partir do dia 20
Fazendeiro é multado em R$ 47 mil por desmatamento
Ministro da Segurança anuncia Fronteira Segura
Brasil tem 677 casos de sarampo confirmados, diz Ministério da Saúde
Morte Garoto de 12 morre em acidente Carro da família colidiu de frente com ônibus
Campo Grande terá 36° de calor
Pacientes do SUS vão receber notificações de consulta pelo celular
Projeto proíbe descrição indevida do leite em embalagens de alimentos