Menu
25 de maio de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega banner ALMS - AUDIÊNCIA PÚBLICA
Saúde

Corumbá capacita novos profissionais para salas de vacina

No começo de maio, os profissionais passam a atuar nas unidades

18 Abr2017Da redação20h49

A prefeitura de Corumbá iniciou a capacitação de 10 técnicos de enfermagem que vão atuar nas salas de vacinação dos postos de saúde do município. O treinamento – oferecido pela Secretaria Municipal de Saúde – é teórico e prático com 60 horas de duração. No começo de maio os profissionais passam a atuar nas unidades.

“Percebemos que dentro de nossa rede de saúde faltavam vacinadores para ficar em salas de vacina. O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira abriu processo seletivo e solicitamos vagas para técnicos de enfermagem atuarem em salas de vacina. As estratégias de saúde da família têm obrigatoriedade de ter salas de vacina. E como tínhamos poucos vacinadores, dividíamos nossos vacinadores, um estava de manhã numa unidade e a tarde em outra. Muitas vezes, a população ia à unidade para vacinar num horário e o vacinador estaria em outro ali”, explicou a coordenadora da vigilância epidemiológica, Lielza Victório Carrapateira Molina.

A capacitação teórica aborda o programa nacional de imunização, o calendário vacinal, faixas etárias para cada vacina e política vacinal. Também passarão por aulas de informática para o preenchimento das informações vacinais no sistema online ligado ao Ministério da Saúde. Na parte prática, os novos vacinadores vão acompanhar a rotina nas unidades de saúde. 

Veja Também

Caminhoneiros aceitam acordo e greve será suspensa
AGU já conseguiu 17 liminares para desbloquear rodovias federais
Manifestantes bloqueiam Central da Petrobras
Caminhoneiros não chegam a acordo com governo
Cheia faz Município suspender aulas em escola do Paraguai Mirim
Ruas vazias e postos lotados na Capital
Com sorteio de prêmios, Festa do Sagrado Coração começa no sábado
Copa Assomasul adia jogo devido à greve dos caminhoneiros
Na Capital, combustível acabou em 20% dos postos
Audiência pública debate o reordenamento dos bairros de Dourados