Menu
21 de outubro de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner CCR-MS Via
Estado

Corpo de Bombeiros Militar dá dicas de segurança para o feriadão

Alimente-se com moderação, prefira comidas leves e evite o excesso de bebida alcoólica

10 Out2018Da redação14h39

Com dois feriados, na quinta e sexta-feira (10 e 11.10) – criação do Estado e Dia de Nossa Senhora Aparecida -, respectivamente, o fim de semana será prolongado em Mato Grosso do Sul. Com isso, muita gente deve viajar ou programar atividades de lazer, como banhos de rio e piscina, além de outras opções de descanso e diversão. Mas antes de sair para o passeio saiba quais são as orientações de segurança do Corpo de Bombeiros Militar (CBMMS), que podem ajudar a evitar acidentes e até tragédias. As dicas são sempre as mesmas, basta a população estar atenta e se prevenir.

Em rios, balneários e piscinas:

Alimente-se com moderação, prefira comidas leves e evite o excesso de bebida alcoólica;
Procure sempre um local com segurança de guarda-vidas;
Sempre que for nadar, avise um parente sobre o local para onde está indo e a hora programada para retorno;
Crianças não devem brincar em piscina sem a supervisão de um adulto. Mas não as deixe sob cuidados de pessoas estranhas;
As crianças não devem brincar de empurrar, dar “caldo” dentro da água ou simular que estão se afogando;
Não permaneça perto de embarcações;
Cuidado com o limo nas pedras ele pode fazer você escorregar e cair na água;
Nunca mergulhe de cabeça em locais com profundidade desconhecida.
Em caso de afogamento:

Se você for a vítima

Mantenha a calma e não lute contra a força e correnteza da água. Guarde suas forças para flutuar e tente acenar por socorro. É menos desgastante e produz maior efeito;
Só grite se realmente alguém puder lhe ouvir, caso contrário, você estará se cansando e acelerando o afogamento;
Coloque os pés à frente, barriga para cima e direcione o braço de forma a usá-lo como um leme, desta forma a própria correnteza o levará a margem;
Se você for socorrer alguém

 Analise os riscos e tome cuidado para não se tornar mais uma vítima;
Chame por ajuda e jogue qualquer material de flutuação ao afogado (garrafa pet vazia tampada, tampa de isopor, bola, etc.);
Deixe primeiro que a vítima se agarre ao objeto e fique segura. Só então tente puxá-la para a área seca, com ajuda de galhos, corda, ou outro material.
Se for viajar, antes de sair de casa:

Feche os registros de água e gás para evitar inundações e incêndio;
Retire os eletrodomésticos da tomada e desligue o chuveiro elétrico; isso evita que os equipamentos queimem caso ocorra alterações de tensões;

Na estrada:

Antes de pegar a estrada, faça a revisão do veículo. Reponha a água do radiador e para-brisa, verifique o óleo e faça a calibragem dos pneus (inclusive do estepe);
Use o cinto de segurança e exija que os outros passageiros também usem, não ultrapasse o limite de velocidade da pista e respeite a sinalização;
Se estiver com sono, pare o carro em local seguro, próximo a um posto policial, posto de serviços ou em algum hotel para descansar;
Não se arrisque em ultrapassagens. Em estradas, elas geralmente são mais perigosas do que na cidade – até para motoristas experientes.
Em situações de emergência, ligue 193.

Veja Também

Ação pela Paz terá serviços gratuitos na praça Belmar Fidalgo
Três Lagoas promete maior rigor contra descarte irregular de lixo
UFMS faz campanha divertida pela preservação de livros
Samu de Dourados alerta para ‘fake news’ sobre emprego
Corumbá oferece 150 exames de mamografia para livre demanda até dia 31
UFGD repudia símbolo nazista em cartaz da universidade
Alunos da Reme premiados em concurso de educação ambiental
Cartilha do Jovem Cinsumidor ganha 2ª edição
Anvisa aprova novos tratamentos contra o câncer
Estudo relaciona 12% das mortes por câncer de mama ao sedentarismo