Campo Grande •27 de Abril de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | Domingo, 16 de Outubro de 2016 - 08h45Contratados para construir casas não recebem há dois meses sem receberTrabalhador fala que nem material para trabalhar tem

Funcionários contratados pela Organização Não Governamental (ONG) Morar, para construir casas nos lotes cedidos pela prefeitura de Campo Grande, nos bairros Vespasiano Martins, Bom Retiro e Jardim Noroeste, estão há dois meses sem receber.

De acordo com Vagner Aparecido da Silva, de 41 anos, cerca de 400 homens foram acionados para fazer o serviço. “Há dois meses estamos sem receber. Ficam nos enrolando. Nem material para construir tem. Há três semanas que estamos parados por falta de produto para trabalhar”, explicou um dos trabalhadores contratados para executar a obra.

Conforme o site Dourados News, cada pessoa recebe de R$ 30 a R$ 60. “O pedreiro recebe R$ 60 e o ajudante de pedreiro, R$ 30, por dia”, reforçou Vagner, que mora no bairro Santa Luzia e foi contratado para trabalhar na obra.

Com relação à falta de material, a assessoria de comunicação da prefeitura informou que o material está previsto para chegar à próxima semana. Porém com relação ao atraso do pagamento dos funcionários, a prefeitura informou que o responsável pela administração é a ONG Morar.

Veja Também
Quinta, 27 de Abril de 2017 - 12h20​CCR MSVia implanta pare-e-siga na BR-163/MS Todos os locais estão sinalizados
Quinta, 27 de Abril de 2017 - 11h44TCU vai analisar possíveis irregularidades em negócios do BNDES com a JBS Cada ação valia R$ 7,65, mas o BNDES pagou R$ 8,15 por cada papel
Bairros de Campo Grande vão receber atendimento móvel com dicas para quem deseja empreender
MS é o único estado do Brasil que gerou saldo positivo de empregos no último ano
Governo lança licitações de R$ 25,7 mi e MS-450 será contemplada com pavimentação
Quinta, 27 de Abril de 2017 - 08h50Roubo de celulares com seguro aumenta de 60% entre 2015 e 2016 Celulares e smartphones são um fenômeno mundial e constituem patrimônio de alto risco
MS é o único estado do Brasil que gerou saldo positivo de empregos no último ano
Quinta, 27 de Abril de 2017 - 07h18Temperatura não deverá ultrapassar os 22° A previsão é de que o frio permanecerá até domingo na Capital
Mulher que teve coluna fraturada ao passar em buraco será indenizada
Motociclista escapa com vida de colisão contra van escolar
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
Rec banner - cirurgia.net
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento