Menu
18 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Saúde

Consumo de doces é alto entre brasileiros, aponta Ministério da Saúde

Pelo menos 18% da população consome doces diariamente durante toda semana

18 Abr2015Da redação10h26

 

Uma pesquisa do Ministério da Saúde aponta que 18% da população brasileira consome alimento doce como sorvetes, bolos e chocolates, durante cinco ou mais dias da semana. Segundo o  levantamento, os alimentos doces estão mais presentes nas refeições das mulheres.

De acordo com a diretora de Vigilância e Promoção da Saúde do Ministério da Saúde, Deborah Malta, pessoas que consomem alimentos doces em excesso podem ter complicações de saúde. “O açúcar é extremamente calórico e consumido em grandes quantidades diariamente pode favorecer a presença de excesso de peso e de obesidade. A orientação seria comer com moderação e também que as porções sejam menores.”

Para saciar a vontade de comer doce, a diretora recomenda a substituição por alimentos naturais como frutas. “O ideal é substituir em alguns dias da semana a sobremesa por frutas e alimentos in natura, buscando equilibrar o prazer de comer alguma coisa doce e saborosa, mas também usando a nossa diversidade regional e o que a natureza nos proporciona de uma forma tão rica.” 

Atualmente, pesquisas divulgadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) é enfática ao sinalizar o açúcar como o vilão da saúde.  A principal preocupação do órgão é a contribuição do açúcar para o excesso de peso, a obesidade e a mortalidade por doenças não transmissíveis (como cardiovasculares e diabetes). Somente em 2012, 38 milhões de pessoas morreram por complicações desse tipo no mundo.

Para incentivar o consumo de alimentos saudáveis, o Ministério da Saúde publicou o Guia Alimentar para a População Brasileira e o livro Alimentos Regionais Brasileiros. Essas informações estão disponíveis na página do Ministério da Saúde. O endereço é: www.saude.gov.br

Veja Também

Empresário sugere proibição de fogos de artifício com ruído
Deficientes poderão ser isentos de taxa de inscrição em concursos
Projetos proíbem cursos de graduação a distância na área da saúde
Campo Grande está entre as cidades com menor índice de perda de água
Criação de Conselho Municipal LGBT será debatida na Câmara
Trânsito CCR MSVia informa usuários da BR-163/MS sobre trechos em pare-e-siga Em caso de chuvas, as obras serão suspensas
Petrobras reduz em 1,24% o preço da gasolina nas refinarias
Obra avança e dúvidas permanecem
Resultado do Sisu pode ser consultado pela internet
MS é modelo em projetos educacionais