Campo Grande •17 de Fevereiro de 2018  • Ano 7
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full Banner Águas Guariroba - Campanha Águas Faz Mais

Larissa Mendes, especial para o Diário Digital | Segunda, 17 de Outubro de 2016 - 10h31Consumidores e proprietários aguardam quedaPetrobras anunciou na sexta-feira, 14, a redução da gasolina em 3,2% em suas refinarias

Alguns postos abaixaram o preço por conta da briga de mercado.
Alguns postos abaixaram o preço por conta da briga de mercado. (Foto: Luciano Muta)

Ainda a espera que a redução do preço da gasolina determinada pela Petrobras para as distribuidoras chegue às bombas, proprietários de posto e consumidores permaneciam ansiosos na manhã de hoje, 17, em Campo Grande. “Qualquer centavo a menos ajuda no final do mês”, relata o vigilante, João Paulo, 32 anos que está no aguardo da queda do preço.
 
A Petrobras anunciou nesta sexta-feira, 14, a redução da gasolina em 3,2% em suas refinarias. O gerente do posto de gasolina, localizado no cruzamento da avenida Fernando Corrêa com a rua 13 de Junho, Luiz Alberto Caletso, não acredita muito nessa redução, “nunca vi as distribuidoras repassar o valor para os posto de gasolina”, comenta e ainda diz que se abaixar é por conta da mídia está em cima. 

“A gente sempre tem esperança, mas acredito que se reduzir, vai ser por pouco tempo”, relata  a estudante, Daniele de Oliveira de 29 anos que não acredita na redução ao longo prazo. Já o motorista particular, Deine Benício da Silva, 27 anos está ansioso pela redução, ele acredita que já tem posto que abaixou o preço antes do anuncio. 

Luiz Alberto comenta que só abaixou recentemente o preço da gasolina, por conta da briga de mercado, “preciso vender”. O gerente diz que só irá ter certeza de tudo, depois que o caminhão que abastece o posto, chegar na tarde de hoje e passar os valores. 

Veja Também
Sábado, 17 de Fevereiro de 2018 - 16h37Mãe que está presa com bebê consegue HC Justiça concede habeas corpus a mulher que deu a luz logo após prisão
Sindicalistas protestam contra reforma previdenciária
MS pode receber venezuelanos
MS não teve casos de febre amarela
Prefeitura entrega obra de escola que estava parada
Hora de atrasar o relógio
Sábado, 17 de Fevereiro de 2018 - 06h25Chuva e muito sol Na parte da tarde as temperaturas permanecem altas
MEC prorroga prazo para adesão do Programa Mais Alfabetização
Aberta licitação para revitalizar Rua 14 de Julho
Horário de verão termina à meia-noite do sábado (17)
Square notícias UCI 2018
Vídeos
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothShop
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2018 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento