Menu
21 de fevereiro de 2020 • Ano 9
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Economia

Energia mais cara em agosto

Esta é a primeira vez de vigência da bandeira vermelha neste ano, situação que deve perdurar durante todo o período de estiagem

1 Ago2019Da redação10h05


A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou na última sexta (26) que a bandeira tarifária para o mês de agosto será Vermelha Patamar 1, com custo de R$ 4,00 a cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos. 

De acordo com o informe, agosto é um mês típico da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). A previsão hidrológica para o mês sinaliza vazões abaixo da média histórica e tendência de redução dos níveis dos principais reservatórios. Por isso, o cenário requer o aumento da geração termelétrica, o que influenciou o aumento do preço da energia e dos custos relacionados ao risco hidrológico em patamares condizentes com o da Bandeira Vermelha 1.”
Algumas dicas para economizar energia para amenizar as consequências da bandeira vermelha fornecidas pela Celpe são as seguintes:

* Adquirir aparelhos elétricos eficientes  - a dica é utilizar aparelhos mais novos e com selo PROCEL de eficiência energética. Na hora de usar, estudar o manual para maximizar o uso e minimizar o gasto.
*Desligar o computador caso ele não seja utilizado no período de uma hora - o monitor pode ser desligado sempre que o usuário se ausentar do ambiente. Se as pausas entre os usos forem longas, por mais de uma hora, por exemplo, o ideal é desligar tudo. Laptops costumam ser mais econômicos.
* Cuidados com o carregador - não deixe o carregador de celular na tomada sozinho ou depois que o aparelho estiver completamente carregado. Além de evitar acidentes domésticos, evita o consumo excessivo de energia elétrica.
*Aproveitar a luz natural - evitar acender luzes em ambientes já naturalmente iluminados. Dar preferência a lugares com janelas amplas e paredes claras.
*Evitar utilizar a função stand-by dos aparelhos -  não há necessidade de continuar consumindo energia se o aparelho não estiver sendo utilizado. Da mesma forma, retirar o eletrodoméstico da tomada quando não estiver em uso.

*Escolher lâmpadas LED - a economia de longo prazo compensa os custos iniciais porque elas duram mais. 
* Utilizar a função “timer” das TVs - esta função ou a “sleep”, presente na maioria dos modelos, permite programar o aparelho para que ele desligue sozinho.
* Regular a temperatura do ar condicionado - deixar o aparelho em uma temperatura estável refresca e ajuda a reduzir o valor das contas. Uma dica é regular o termostato para uma temperatura confortável, entre 23 e 25 graus. 
 
 

Veja Também