Menu
17 de julho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Super Banner Campo Grande Expo
Capital

Consórcio Guaicurus leiloa ônibus articulados na Capital

Veículos articulados serão substituídos por convencionais

10 Ago2017Da redação19h00

Consórcio Guaicurus grupo que tem a concessão do transporte coletivo na Capital, colocou cerca de 70 ônibus articulados a leilão, com lances a partir de R$ 28 mil.

Usuários do transporte reclamam da superlotação, e o consórcio está ciente disso, já que os veículos articulados possuírem maior capacidade de transportar passageiros, e proporcionam maior conforto e agilidade no trânsito. É inexplicável a substituição desses veículos articulados, que, de acordo com a Agetran, podem circular até 2020, tendo mais três anos de vida útil.

O leilão está sendo realizado através do site da Casa de Leilões, e está marcado para o dia 24 deste mês, às 14 horas, no hotel Concord. Estão sendo ofertados modelos articulados e convencionais, das viações Cidade Morena, Jaguar, São Francisco e Campo Grande.

Pelas imagens, é possível ver um dos modelos já ‘vencido’, com pintura desgastada e motor surrado. Sete dos veículos foram fabricados em 2005 e, por isso, só poderiam rodar até 2010, tendo em vista que o acordo entre o município e o Consórcio prevê veículos com até cinco anos. Os mais novos, cerca de 34 carros estão sendo vendidos por R$ 38 mil.

Em 2014 a linha 070 rodava com 12 tabelas, onde 5 eram articulados e 7 eram veículos convencionais. Após a retirada dos articulados, a linha operava com 15 veículos convencionais fixos, chegando a 24 veículos no horário de pico da manhã. Atualmente, a linha roda com 11 veículos fixos, uma queda de 50% na frota da linha. A linha 085 passou por coisa semelhante, rodava com 7 veículos articulados o dia todo. Quando retiraram os articulados da linha, a frota foi para 12 veículos fixos. Hoje, a linha só possui 12 veículos no período da manhã, circulando apenas com 8 veículos fixos.

O diretor da Agetran e ex-funcionário do Consórcio Guaicuru, Janine de Lima Bruno disse que os veículos articulados é referente aos ônibus a serem substituídos. Já que os carros convencionais devem ser trocados a cada 5 anos.

Veja Também