Campo Grande •22 de Março de 2017  • Ano 5
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full Banner Aguas - Campanha Março

Da redação com Agência Brasil | Domingo, 12 de Março de 2017 - 09h34Receita acelera importação de mercadorias do ParaguaiPortaria beneficia compras via terrestre na aduana de Foz do Iguaçu e Ciudad Del Este

Compras por Microempresários estarão facilitadas
Compras por Microempresários estarão facilitadas (Foto: Arquivo Diário Digital)

As microempresas que fazem parte do Simples Nacional poderão importar mais rapidamente mercadorias procedentes do Paraguai por via terrestre. Uma mudança no sistema de controle aduaneiro acelerará a entrada dos artigos pela fronteira entre Foz do Iguaçu (PR) e Ciudad del Este, no país vizinho. Uma instrução normativa editada esta semana pelo Fisco reduziu etapas na habilitação das microempresas ao regime especial de importação. A nova regra também permite o desligamento do Sistema Harpia na compra pelos microempresários. Há pouco mais de dez anos em operação, o Harpia é um software que detecta irregularidades por meio da análise dos padrões de compras do contribuinte.

De acordo com a Receita, além de aumentar a agilidade na liberação das mercadorias, o desligamento do sistema gerará economia anual de pelo menos R$ 7 milhões ao Fisco. Desde o início do Regime Tributário Unificado (RTU), as importações de mercadorias pela Ponte da Amizade estavam sujeitas à fiscalização do Sistema Harpia.

Criado em 2009, o RTU permite a importação, por microempresa importadora varejista habilitada, de determinadas mercadorias do Paraguai, por via terrestre, na fronteira Ciudad Del Este–Foz do Iguaçu. A liberação ocorre por meio do pagamento unificado dos impostos e contribuições federais devidos, com despacho aduaneiro simplificado.

No momento do registro da declaração de importação, a microempresa paga 25% sobre a fatura ao Fisco, observados os valores de referência mínimos estabelecidos pela Receita. Da alíquota total, 7,88 pontos percentuais (p.p.) correspondem ao Imposto de Importação, 7,87 p.p. ao Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), 7,6% à Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) e 1,65% ao Programa de Integração Social (PIS).

Além de fazerem parte do Simples Nacional – regime simplificado de pagamento de tributos por micro e pequenas empresas –, as importadoras precisam ser previamente habilitadas pela Receita Federal. O RTU só pode ser usado na compra de produtos eletrônicos, como bens de informática, de telecomunicações e eletroeletrônicos.

A importação simplificada não abrange os seguintes produtos: mercadorias não destinadas a consumidor final; armas e munições, fogos de artifício e explosivos; bebidas (inclusive alcoólicas); cigarros; veículos automotores em geral e embarcações de todo tipo (inclusive partes e peças, como pneus); medicamentos; bens usados e bens com importação suspensa ou proibida no Brasil.

Veja Também
Dia Mundial da Água é celebrado com plantio de mudas nativas
Secretaria de Meio Ambiente de Três Lagoas promove ações no dia mundial da água
Ministro Torquato apresenta programa Empresa Pró-Ética
Brasil carece de legislação para reúso de água, diz coordenador da ANA
Tecnologias inovadoras reduzem consumo de água na construção
Confira escala médica desta quarta-feira na Capital
Ministro da Agricultura vai ao Senado explicar denúncias da Operação Carne Fraca
Quarta, 22 de Março de 2017 - 12h32No Dia Mundial da Água, ONU critica desperdício e pede ações de reaproveitamento Além de atender às necessidades por água limpa, o reúso também significa o tratamento de esgotos e dos efluentes domésticos
Quarta, 22 de Março de 2017 - 11h58“HU de Portas Abertas” recebe visita do Ministério Público Federal Programa visa aproximação com a comunidade e com instituições representativas
Quarta, 22 de Março de 2017 - 11h40“Empreendedorismo em Dois Tempos” é tema de palestra na Uems Palestras acontecerão no Auditório Central da Uems no campus em Dourados
square noticias uci
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
Rec banner - cirurgia.net
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento