Menu
15 de dezembro de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Mega Banner Pátio Central - Natal
Poder Judiciário

Comarca de Ivinhema realiza Curso de Preparação à Adoção

Objetivo é atender as recomendações previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente

14 Mar2018Da redação13h32

Nesta quarta-feira (14), a comarca de Ivinhema realizará o Curso Reflexivo de Preparação aos Pretendentes à Adoção. O evento será realizado das 8 às 18 horas, no plenário do Tribunal do Júri do Fórum, localizado na Av. Reinaldo Massi, nº 1854, região central da cidade.

O objetivo do curso é atender as recomendações previstas no art. 50, parágrafo 3º, do Estatuto da Criança e do Adolescente, que prevê que os pretendentes à adoção precisam de preparação psicossocial e jurídica, recebendo orientação da equipe técnica da justiça, da área da infância e juventude, preferencialmente com apoio dos técnicos responsáveis pela execução da política municipal de garantia do direito à convivência familiar.

O curso será dividido em três partes: o primeiro será ministrado pela promotora Juliana Martins Zaupa e tratará dos aspectos jurídicos da adoção. Na sequência, as questões sociais serão trazidas pela assistente social judiciária Ivanir Hansel e, por fim, os aspectos psicológicos serão discutidos pelo psicólogo judiciário Alessandro Vilella Garcia.

Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (67) 3442-1406, ramal 212, com Ivanir, e (67) 3441-1585, com Alessandro.

Veja Também

Três Lagoas cria setor especial para pacientes com suspeita de dengue
Indígenas obtêm registro civil com ajuda da Carreta da Justiça
Confira a escala dos postos de saúde para este sábado
Casamento comunitário espalha vida em igreja
Governo adquire scanners corporais para revistas em presídios
Décimo terceiro para servidores municipais estará disponível neste sábado
Lançado edital para PPP do tapa buracos na Capital
Praça dos Imigrantes promove concurso de presépio e cantata natalina
Vias serão interditadas neste fim de semana para realização de eventos
É um orgulho representar o MS, diz futura ministra em diplomação