Campo Grande •20 de Setembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
ALMS - Gestão para Pessoas

Da redação | Sábado, 15 de Julho de 2017 - 17h42Colônia paraguaia receberá apoio da prefeitura para fortalecer tradiçãoSecretário de governo garantiu empenho da atual gestão para com o povo paraguaio

Visitantes lamentaram junto ao secretário, a falta de aproximação e apoio da prefeitura nos anos anteriores
Visitantes lamentaram junto ao secretário, a falta de aproximação e apoio da prefeitura nos anos anteriores (Foto: Divulgação/Prefeitura de Campo Grande)

Acompanhados do vereador Airton Araújo e do deputado estadual Cabo Almi, diretores e membros da Associação Colônia Paraguaia de Campo Grande foram recebidos nesta sexta-feira (14) pelo secretário municipal de Governo e Relações Institucionais, Antônio Cézar Lacerda, para apresentar o projeto arquitetônico da revitalização da sede, no bairro Pioneira.

A entidade, que existe há 44 anos, reúne os paraguaios residentes em Campo Grande. O presidente Albino Romero disse que a revitalização do local contará com o apoio da sociedade civil organizada e deverá se transformar em um espaço para lazer e cultura, envolvendo toda a população.

“Nossos eventos chegam a reunir duas mil pessoas. Quase todos os domingos estamos confraternizando. O local também é utilizado por escolas públicas e a comunidade da região. Queremos contar com o apoio da prefeitura para que possamos fortalecer a nossa tradição na Capital”, disse Romero.

Os visitantes lamentaram junto ao secretário, a falta de aproximação e apoio da prefeitura nos anos anteriores.  

“Por quinze vezes buscamos uma audiência com o ex-prefeito, que apesar de paraguaio nunca quis nos receber”, reclamaram, em coro, os membros da associação.

Ao receber o convite para prestigiar a 3ª Noite Paraguaia, que acontece no dia 12 de agosto, na Colônia Paraguaia, o secretário de Governo falou da satisfação dessa aproximação.

“A referência do povo paraguaio para Campo Grande é forte, mas infelizmente foi se perdendo ao longo dos anos e outras tradições acabaram ofuscando a de vocês. Nós, que somos uma mistura de Brasil e Paraguai, precisamos tê-la como referência e isso deve começar lá na escola, desde criança. Um povo só transforma em pátria aquilo que ele conhece, então quero pedir que vocês estejam presentes em nossa administração, para difundirmos essa tradição”, pontuou Lacerda.

O secretário de governo garantiu empenho da atual gestão para com o povo paraguaio. “Vamos envolver nossas secretarias, principalmente a de Cultura, para realizarmos projetos neste sentido”, assegurou.

Veja Também
Quarta, 20 de Setembro de 2017 - 06h31Temperatura pode chegar a 35° Névoa seca deve predominar durante todo o dia
Paciente que ficou nu recebeu atendimento, diz Sesau
Pelo menos 49 pessoas morreram em terremoto no México, dizem autoridades
Agentes penitenciários vão parar por 24h em MS
Audiência nesta quarta debate a situação dos idosos na Capital
Rede de lojas distribuirá cinco mil mudas de árvores
Papai Noel dos Correios vai atender 7 mil alunos na Capital
Forte terremoto atinge a capital mexicana
Ganhador da Mega-Sena de MS ainda não retirou prêmio
Correios podem paralisar nesta quarta
Square Noticias UCDB
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
Rec banner - Patio central
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento