Menu
22 de agosto de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Meio Ambiente

Cidade de MS troca óleo usado por novo

Prefeitura de Brasilândia já arrecadou 781 litros do produto que vai virar biocombustível em SP

11 Ago2019Valdelice Bonifácio07h46

Uma cidade no interior de Mato Grosso do Sul adotou uma estratégia para impedir o descarte incorreto do óleo de cozinha e assim proteger o meio ambiente. A prefeitura está trocando óleo usado por novo e já arrecadou 781 litros que serão recolhidos por uma empresa com sede em Dracena (MS) que usa o produto na fabricação de biocombustível.

A cidade em questão é Brasilândia, localizada a 370 quilômetros de Campo Grande. O Poder Público local montou um ponto de coleta de óleo na sede da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, que fica em frente ao Ginásio Municipal de Esportes. A campanha “Troque o seu óleo de cozinha usado por óleo novo” teve início em janeiro deste ano.

A cada quatro litros de óleo usado, o cidadão recebe uma garrafa de 900 ml do produto novo. Além disso, recebe ainda um cupom para concorrer a prêmios. A cada 500 litros arrecadados, a prefeitura faz sorteios. O próximo será de uma sanduicheira.

A ação não gera qualquer custo para a prefeitura. A empresa parceira que recolhe o óleo usado arca com todo o custo de transporte do material arrecadado pelo Poder Público. Além disso, é a própria empresa quem doa o óleo novo a ser trocado pelo produto usado. A prefeitura entra apenas com a campanha e coleta.

Segundo levantamento da prefeitura, a quantidade de água que um litro de óleo pode poluir representa o que uma pessoa leva 14 anos para consumir. O descarte incorreto do óleo encarece o tratamento de água em até 45%, aponta o Município.

Veja Também

ALMS derruba veto e insenção em concurso para mesários continua
Ibama pretende monitorar desmatamento
Sejusp fecha fronteira e apreende sete toneladas de drogas
Agehab notifica beneficiários de Corumbá por inadimplência
Praça dos imigrantes terá um canto às mulheres
Rampa para desembarque de barcos está sendo construída
Bolsonaro volta a dizer que ONGs podem estar por trás de queimadas
Motociclista se surpreende ao avistar onça-pintada
Bombeiros fazem alerta sobre dias de tempo seco
Feriado do Servidor Público é transferido para o dia 10 de outubro