Menu
11 de dezembro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Campo Grande

Tentativa de fuga e motim em centro penal de Campo Grande

Cinquenta e três internos foram identificados e tiveram regressão para o regime fechado

14 Nov2019Brenda Leite18h13

Na madrugada desta quinta-feira (14), agentes do Centro Penal Agroindustrial da Gameleira impediram uma tentativa de fuga de um dos internos, o que causou motim no local. Internos de um dos pavilhões da unidade quebraram pelo menos oito celas.

Durante o motim,  que ocorreu pós a tentativa de fuga, os internos bradavam gritos de guerra do PCC (Primeiro Comando da Capital), “Aqui quem manda é o PCC, o crime organizado”, enquanto quebravam celas, proferindo também palavras de ameaças aos agentes.

A rebelião teve intervenção do Batalhão de Choque, solicitado pela Agepen, que esteve na unidade e controlou a situação. No total, 53 internos que cumpriam regime semiaberto, foram identificados e tiveram suas prisões regredidas para o regime fechado, com determinação judicial da 2ª Vara de Execução Penal.

Contudo, a Agepen irá apurar as circunstancias da tentativa de fuga e motim. Quanto às paredes e celas danificadas, reparos já foram providenciados.

Veja Também

Sistema de Vigilância é ativado na Penitenciária de Dourados
Instrução Normativa estabelece padrão de qualidade e identidade para a cerveja
Prefeitura vai concluir prolongamento da Avenida Rita e novo acesso ao macroanel
Mais de 300 mil vítimas ficarão sem Seguro DPVAT no ano que vem
Governo anuncia versão digital de diplomas com custo 80% menor
Período para pré-matrícula da REE segue aberto até 31 de dezembro
Chove o dia inteiro
Dpvat é ineficiente, afirma estudo do governo
Sindicato do transporte levará propostas à categoria
Morre o advogado e radialista Iussef Tajher Iunes