Menu
23 de agosto de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Tecnologias

Centro de inclusão digital é instalado no interior

Conquista resultado da união entre Governos municipal, estadual e federal

22 Jul2019Da redação19h53

O Governo Federal, com o Governo de Mato Grosso do Sul, executam um projeto que chega com o propósito de transformar vidas, no lugares mais distantes.

Assim, foi instalado para os produtores do Assentamento Teijin, em Nova Andradina, um centro de informática, com equipamentos modernos e internet que deve chegar nas próximas semanas a 10 gigas, conhecido como centro de inclusão digital.

Para isso, foi necessário aliar o trabalho da equipe da Semagro na busca pelos recursos através de convênios do Governo Federal, a vontade dos assentados –  representada pelo incansável Edson Tolotti Machado. Contando sempre com o auxílio das autoridades locais, através da prefeitura de Nova Andradina, os vereadores daquele município e diversas outras lideranças – que tinham a mesma expectativa com relação ao que se pode fazer ao conectar um grupo que mora a uma certa distancia dos grandes centros, ou mesmo de um município onde os recursos são menos escassos – a ideia se concretizou.

Pensando na agenda de palestras, treinamentos e cursos naquela sala, o Superintendente da Semagro, Rogério Beretta – com a experiência no setor produtivo e em especial do comando do Senar/MS – falou da ‘janela para o mundo’, expressão que em rápidas palavras definiu o que se fez para o Assentamento Teijin com a instalação da sala.

“Está identificado na nossa superintendência como uma das principais políticas públicas que o Governo trabalha, a comunicação na Zona Rural. Na contramão do que muito se fala de compras governamentais, nossa equipe conseguiu fazer grande economia na hora da aquisição, sem deixar de lado a preocupação com a qualidade dos equipamentos e, ao final deste convenio, terão sido instaladas duas salas a mais do que o previsto inicialmente”.

Comemorou, enaltecendo o trabalho de Valdecir Alves e a equipe que cuidaram para que tudo fosse feito da melhor forma concretizando o termo de cessão de uso através da Cooperativa de prestação de serviço e reforma agraria do Vale do Ivinhema, o COPAV.

Com informações da assessoria

Veja Também

Celebração aos influenciadores digitais
ALMS derruba veto e insenção em concurso para mesários continua
Ibama pretende monitorar desmatamento
Sejusp fecha fronteira e apreende sete toneladas de drogas
Agehab notifica beneficiários de Corumbá por inadimplência
Praça dos imigrantes terá um canto às mulheres
Rampa para desembarque de barcos está sendo construída
Bolsonaro volta a dizer que ONGs podem estar por trás de queimadas
Motociclista se surpreende ao avistar onça-pintada
Bombeiros fazem alerta sobre dias de tempo seco