Campo Grande •20 de Fevereiro de 2018  • Ano 7
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full Banner Águas Guariroba - Campanha Águas Faz Mais

Da redação | Sexta, 11 de Agosto de 2017 - 12h19Centro Cultural recebe exposições que aborda os indígenas e a naturezaExposição estará aberta à visitação de terça a sábado até o dia 23 de agosto

(Foto: Divulgação)

O Centro Cultural José Octávio Guizzo, unidade da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), recebe na quarta-feira (16), às 19 horas, as exposições “Caduvéos” da artista Andrea Luz na Galeria Wega Nery e “Natureza em Xilogravura” da artista Clara Rahe na sala Ignês Corrêa da Costa, ambas exposições tem curadoria do artista plástico Jonir Figueiredo através do Mbayarte – Núcleo de Produções Artísticas de Mato Grosso do Sul. A abertura das exposições contará com a apresentação da cantora e compositora Lenilde Ramos.

A exposição “Caduvéos” da artista visual e arquiteta Andrea Luz é fruto de muita pesquisa sobre os nativos brasileiros e domina a técnica com pastel seco e oleoso, tendo os caduvéos como seu foco principal. As crianças ou curumins, como que surgissem de um sonho imaginário, onde a iconografia, grafismos e tatuagens faciais destacam-se, enaltecendo a importância dessa nação guaicuru, os primeiros habitantes de Mato Grosso do Sul.

“Nos 40 anos de divisão do Mato Grosso, Andrea Luz deixa fluir a sua curiosidade e pesquisa com talento e dedicação. Demonstra que só o artista tem a visão reveladora e ampla da nossa cultura regional-universal”, explica o curador Jonir Figueiredo.

Já a exposição da artista Clara Rahe “Natureza em Xilogravura”, aborda uma das mais tradicionais técnicas da gravura. A artista entre outras técnicas das artes visuais tem um apreço pela xilogravura. Fez aulas com diversos mestres, entre eles destacam: Vânia Pereira (in memoriam) de Mato Grosso do Sul, mestra de diversas técnicas de gravura; José Lima (in memoriam) do Rio de Janeiro. Foi por alguns anos discípula de outra grande artista-mestra Ignês Corrêa da Costa (in memoriam) de quem assimilou técnicas do desenho, cores e formas.

“Nesta mostra Clara Rahe, nos brinda com dez xilogravuras do seu acervo bastante vasto. Dando-nos uma aula de criatividade e amor a arte”, relata Figueiredo.

As exposições da Galeria Wega Nery têm a proposta de divulgar a produção artística contemporânea, dando visibilidade para artistas iniciantes ou consagrados, que desenvolvam trabalhos em harmonia com as linguagens atuais da arte.

A exposição estará aberta à visitação de terça a sábado até o dia 23 de agosto. Mais informações podem ser obtidas no Centro Cultural José Octávio Guizzo, na rua 26 de Agosto, 453, entre a Calógeras e a 14 de Julho ou pelo telefone 3317-1795.

Veja Também
Governo assina mais de R$ 9 milhões em contratos
Terça, 20 de Fevereiro de 2018 - 12h48MEC lança até março edital para formação de professores Ingresso no estágio supervisionado será feito ao longo da graduação
Servidores ativos já podem preencher PGDI
Chuva causa danos em cidades do interior
Alunos do Sesi criam bengala eletrônica
Terça, 20 de Fevereiro de 2018 - 06h30Chuva durante todo o dia Há risco de ocorrência de temporais em todas as regiões do estado
ProUni: selecionados têm até dia 23 para comprovar dados
Secretário-geral da ONU se diz
Corumbá abre inscrições para Academia de Música Manoel Florêncio
Como aproveitar nota do Enem para vestibulares 'fora de época'?
Square notícias UCI 2018
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2018 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento