Menu
18 de dezembro de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Mega Banner SEGOV - Refis 2019
Campo Grande

Ceinf´s da Capital recebem brinquedos produzidos por detentos

Projeto 'Educação Lúdica com Brinquedos' fez sua primeira entrega de 2018 nesta quarta

14 Mar2018Da redação19h00

Brinquedos pedagógicos produzidos por detentos da Penitenciária de Segurança Máxima de Campo Grande voltaram a alegrar crianças de Ceinfs da Reme (Rede Municipal de Ensino).

Desenvolvido pela Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), o projeto “Educação Lúdica com Brinquedos” fez sua primeira entrega de 2018 nesta quarta-feira (14), no Ceinf “Bom Pastor”, no bairro Estrela do Sul, beneficiando 131 crianças.

O projeto consiste em associar o trabalho filantrópico ao de reinserção de custodiados da Máxima, já que incentiva a ocupação do tempo do detento com uma atividade produtiva.

Os alunos ganharam carrinhos de madeira, jogos educativos, bolas e bonecos de crochê, que despertam a atenção e a criatividade das crianças. O projeto é realizado há quase três anos. Em 2017 foram beneficiados três Ceinfs.

No total, nove unidades receberam as peças, que visam estimular o processo de aprendizagem das crianças, incentivando a coordenação motora e os sentidos.

Entidades e instituições têm contribuído doando material para a produção dos brinquedos. Ano passado, por exemplo, uma campanha foi encabeçada pela promotora Renata Ruth Góia, do Ministério Público do Estado, e que rendeu 70 novelos de linha de crochê.

A secretária municipal de Educação, Elza Fernandes, que prestigiou a entrega dos brinquedos, destacou a importância social do trabalho. “Com esse projeto os detentos podem mostrar para a sociedade que estão sendo produtivos, beneficiando crianças que terão um importante recurso pedagógico para contribuir com seu aprendizado”, disse.

O presidente da Agepen, Audi de Oliveira Chaves, também destaca a questão de tirar os detentos da ociosidade. “É muito importante porque vemos a felicidade e o quanto podemos ajudar a sociedade e também o quanto o interno pode colaborar para levar às crianças a possibilidade de aprender brincando”, ressaltou.

Pai da pequena Ana Beatriz, da creche 1, o promotor de vendas Fernando Celso Rodrigues, aprovou a qualidade das peças entregues. “É muito gratificante ver o trabalho deles. Os brinquedos são bem trabalhados e desenhados”, afirmou.

Para a diretora do Ceinf Bom Pastor, Edina Bana, ensinar através do lúdico é primordial para as crianças na faixa etária atendida nos Ceinfs. Nesse contexto, os brinquedos entregues pela Agepen só têm a somar ao processo pedagógico.

“O lúdico para a criança é prioridade, pois brincando ela aprende mais conteúdo e mais rápido. Além disso, os brinquedos dão aos professores, a possibilidade de planejarem uma aula mais prazerosa”, concluiu.

Veja Também

CNJ aprova novo auxílio-moradia de até R$ 4.377,73 para magistrados
MPF obriga DNIT a adotar medidas de proteção à fauna pantaneira
Estudo indica que zika pode provocar infertilidade em homens
Inep: quase 300 instituições têm 'nota baixa' de qualidade
Ex-sargento da PM sofre nova condenação
Asilo de Battisti teve motivação político-partidária, diz Sérgio Moro
Resolução define plano de trabalho para agentes de saúde
Confira a escala dos postos de saúde nesta terça-feira
Ato incineratório Defron vai queimar 6.540 kg de drogas Material que será incinerado é produto de apreensões feitas durante o ano
Planalto Posse de Bolsonaro terá de 250 a 500 mil pessoas Cerimonial da presidência espera multidão em Brasília no dia 1º de janeiro