Campo Grande •20 de Setembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
ALMS - Gestão para Pessoas

Marcos Tenório, em colaboração ao Diário Digital | Sábado, 19 de Agosto de 2017 - 12h34CCZ abre as portas e foca em educar as criançasPopulação pode levar seu animal para tomar a vacina antirrábica, receber orientação médica e ainda adotar um animal

  
(Foto: Kísie Ainoã)
  • Iara Helena Domingos, coordenadora do CCZ. Foto: Kísie Ainoã
  • Maria Aparecida Conche. Foto: Kísie Ainoã
  • Tânia Lucia. Foto: Kísie Ainoã
  • Foto: Kísie Ainoã
  • Foto: Kísie Ainoã
  • Foto: Kísie Ainoã
  • Foto: Kísie Ainoã
  • Foto: Kísie Ainoã
  • Foto: Kísie Ainoã
  • Foto: Kísie Ainoã
  • Foto: Kísie Ainoã
  • Foto: Kísie Ainoã
  • Foto: Kísie Ainoã
  • Foto: Kísie Ainoã
  • Foto: Kísie Ainoã
  • Foto: Kísie Ainoã

O Centro de Controle de Zoonozes (CCZ), neste sábado abriu as portas para a população conhecer melhor o ambiente e participar de várias brincadeira e orientações de como cuidar melhor do seu animal.

No evento a população pode levar seu animal para tomar a vacina antirrábica, coletar sangue do animal para fazer exame da leishmaniose, receber orientação médica e veterinária, e ainda podem adotar um gato ou cachorro.

Iara Helena Domingos, coordenadora do CCZ informou que é uma nova mudança na forma de administrar o local, que buscará trabalhar a saúde animal, o controle de zoonoses, e o controle da raiva, leishmaniose e todas as outras doenças.

A coordenadora Iara diz que o principal para o controle de tudo no futuro é a educação, o evento vai trabalhar a parte de educação com crianças o bem-estar animal.

Uma das áreas mais visitadas é a parte de adoção de animais, onde a Maria Aparecida Conche Cunha, relatou que o CCZ tinha cerca de 15 filhotes de animais, e pela manhã foi recebendo outros animais que a população levou para ser adotado, e com os mais de 30 cachorros e 15 gatos, Cida como é conhecida tem a expectativa que todos os animais sejam adotados.

Cida ainda explica que todos os dias tem animais para serem doados no CCZ, e que no mês tem um dia para marcar para fazer a castração de felinos, pois os cachorros só são castrados quando são adotados direto do CCZ e que todo o dia 20 as pessoas podem entrar em contato para fazer o agendamento de castração. No mês são em média de 600 vagas disponibilizadas para a castração e o agendamento só pode ser feito por ligação no número (67) 3313-5003 ou 3314-9500.

No evento estavam vários animais entre gatos e cachorros para adoção, e uma das visitantes foi a recreadora infantil, Tânia Lucia de 47 anos, foi até o evento e se encantou com animais e acabou levando um para casa. Lucia levou um cachorrinho e diz que o animal é uma companhia, o cachorro vai crescendo junto e em dias difíceis o cachorrinho chaga com toda a alegria e carinho.

Veja Também
Quarta, 20 de Setembro de 2017 - 06h31Temperatura pode chegar a 35° Névoa seca deve predominar durante todo o dia
Paciente que ficou nu recebeu atendimento, diz Sesau
Pelo menos 49 pessoas morreram em terremoto no México, dizem autoridades
Agentes penitenciários vão parar por 24h em MS
Audiência nesta quarta debate a situação dos idosos na Capital
Rede de lojas distribuirá cinco mil mudas de árvores
Papai Noel dos Correios vai atender 7 mil alunos na Capital
Forte terremoto atinge a capital mexicana
Ganhador da Mega-Sena de MS ainda não retirou prêmio
Correios podem paralisar nesta quarta
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
DothShop
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento