Campo Grande •18 de Fevereiro de 2018  • Ano 7
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full Banner Águas Guariroba - Campanha Águas Faz Mais

Da redação | Segunda, 2 de Janeiro de 2017 - 12h36CCR MSVia recolheu R$ 29,4 milhões em ISS às cidades da BR-163/MS em 2016Imposto sobre obras e pedágios da rodovia é recolhido mensalmente às 21 prefeituras de cidades cortadas pela rodovia

Apesar da crise e das dificuldades enfrentadas pelo país, o volume de obras na BR-163/MS determinou novo recorde da CCR MSVia no recolhimento de impostos às prefeituras de cidades servidas pela rodovia: R$ 29,4 milhões. O valor é referente ao recolhimento aos cofres públicos municipais do ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza). Ele incide sobre obras e arrecadação de pedágio.
 
De acordo com a área de Relações Institucionais da CCR MSVia, desde que iniciou os serviços de recuperação da BR-163/MS, em abril de 2014, a Concessionária já recolheu às prefeituras um total de R$ 54,8 milhões (R$ 3,5 milhões em 2014, R$ 21,9 milhões em 2015 e R$ 29,4 milhões em 2016).
 
Com 845,4 quilômetros de extensão, a BR-163/MS liga longitudinalmente o Estado de Mato Grosso do Sul, indo da divisa com o Paraná, ao Sul (cidade de Mundo Novo), à divisa do Mato Grosso, ao Norte, (cidade de Sonora).
 
Ao todo, a rodovia serve diretamente a 21 municípios, entre eles a Capital, Campo Grande. Entre outras obras e serviços, a CCR MSVia já construiu mais de 110 quilômetros de duplicações, recuperou mais de 270 quilômetros de rodovia e realizou mais de 300 mil atendimentos pelo Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU), com redução de mortos em acidentes na ordem de 30%.

Veja Também
Com pista duplicada, obra da rotatória de acesso ao Outlet entra em fase final
Em MS, representantes de 10 países vão planejar Wildfire 2019
Preconceito e desinformação dificultam combate ao alcoolismo
Previsão é de chuva para este domingo
Sábado, 17 de Fevereiro de 2018 - 16h37Mãe que está presa com bebê consegue HC Justiça concede habeas corpus a mulher que deu a luz logo após prisão
Sindicalistas protestam contra reforma previdenciária
MS pode receber venezuelanos
MS não teve casos de febre amarela
Prefeitura entrega obra de escola que estava parada
Hora de atrasar o relógio
Square notícia uci
Vídeos
Diário Digital no Facebook
DothNews
DothShop
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2018 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento