Menu
26 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Governo do Estado - Gestão por Competência
Meio Ambiente

CCR MSVia promove mudança de ninho de bem-te-vi para salvar filhote

Ação se deu nas imediações do km 430 da BR-163/MS, na periferia da Capital

26 Set2016Da redação17h26
(Foto: Reprodução/CCR MS Via)
  • (Foto: Reprodução/CCR MS Via)

A CCR MSVia promoveu a mudança de localização de um ninho de bem-te-vis (Pitangus sulphuratus) que estava correndo risco no eixo da rodovia. A ação se deu nas imediações do km 430 da BR-163/MS, na periferia de Campo Grande. Chamada de translocação, a operação foi um sucesso e permitiu transferir o ninho, que estava instalado em um pórtico de placa de sinalização aérea, para uma árvore às margens da rodovia.

Segundo o engenheiro Michel Klaime Filho, gestor de Meio Ambiente da CCR MSVia, a operação foi necessária dado risco para o filhote, que poderia cair na pista de rolamento. “Estudamos a possibilidade de isolar a estrutura e deixar o ninho no local, até que o filhote estivesse apto a sair, mas isso não era seguro”, diz Klaime Filho. “Quando o filhote iniciasse o treino para voo, poderia cair na pista, correndo o risco de ser atropelado”.

A opção foi translocar o ninho para uma árvore próxima à estrutura da placa, de maneira a que os pais pudessem identificar a mudança e continuassem a cuidar do ninho. “A transferência foi feita da melhor maneira possível, com o apoio de uma grua e de escadas especiais e, durante todo o tempo da operação, os pais sobrevoaram o local, fiscalizando nossa ação”, conta o engenheiro.

O ninho agora está sendo observado pelos técnicos contratados pela CCR MSVia, veterinária Maíra Cristina Nogueira e o biólogo Matteus Campos Rocha, que estão avaliando o real interesse dos pais pelos cuidados com o filhote.

“O sucesso da translocação do ninho depende do interesse dos pais, tendo em vista que, mesmo sendo realizado por profissionais experientes, a mudança de local pode resultar no abandono do ninho”, informa Klaime Filho. “Torcemos para dar certo”.

Veja Também