Campo Grande •23 de Novembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full Banner Governo - Refis

Da redação | Sexta, 15 de Setembro de 2017 - 20h00Cassems realiza campanha de doação de sangue e medula ósseaAção é feita em parceria com Hemosul, Instituto Sangue Bom e outras entidades

(Foto: Divulgação)

O transplante de medula óssea é a única esperança de cura para milhares de portadores de doenças que afetam as células do sangue, como leucemia. A chance de encontrar uma medula compatível para a doação chega a ser de uma em cem mil. Para que esse número diminua a Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul (Cassems) lança no dia 18 de setembro, às 9 horas, no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Campo Grande (OAB/MS) a campanha #Bora Doar Sangue e Medula?

A campanha é uma verdadeira força-tarefa para conscientizar as pessoas sobre a importância de se cadastrar como possível doador de medula óssea e, dar continuidade a campanha de doação de sangue que é feita todos os anos pela Cassems. A expectativa é conseguir pelo menos 500 novos doadores.

O ato é uma parceria entre a Caixa dos Servidores e o Hemosul, Instituto Sangue Bom, Fórum dos Servidores Públicos do Estado de Mato Grosso do Sul, OAB/MS, Pátio Central – Shopping do Centro, Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul (Coren), Conselho Regional de Farmácia de Mato Grosso do Sul (CRFMS).

O presidente da Cassems, Ricardo Ayache, explica que que o objetivo da campanha é incentivar, principalmente, o cadastro no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome).

“Ao se cadastrar no Redome, o doador também pode salvar muitas vidas. O transplante de medula óssea pode beneficiar o tratamento de pelo menos 80 doenças”, destacou.
 
Seja um doador - Qualquer pessoa com idade entre 18 e 55 anos está apta a ser uma doadora de medula óssea. Os cadastrados têm retirado uma pequena quantidade de sangue, que tem seu nome incluído no Redome, que é gerenciado pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca).

Caso seja compatível com alguma pessoa que tenham doenças e necessitem de transplante, o doador é contatado para que o transplante.

Serviço - O Hemosul fica na avenida Fernando Corrêa da Costa, n°1.304, na região central de Campo Grande. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h30 e no sábado das 7h às 12h30. Interessados podem entrar em contato com o Hemosul pelo telefone 3312-1517. Confira abaixo o calendário da campanha:

 

Veja Também
TRF determina que esposa de Cabral volte para a prisão
Argentina investiga suposta explosão próximo a submarino
Dourados receberá R$ 7,3 milhões para Avenida Weimar Torres
Acusado de matar segurança vai a júri nesta sexta
Projeto Emagrece CG realiza ação neste sábado para combater obesidade
Semed abre pré-matrícula para alunos novos de escolas integrais
Baile dos idosos se despede do ano com show do grupo Pantaneiros
Quinta, 23 de Novembro de 2017 - 12h50CCR MSVia dá sequência a obras e serviços na BR-163/MS Em caso de chuva, as obras poderão ser interrompidas
Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 60 milhões no sábado
Quinta, 23 de Novembro de 2017 - 11h29Começa terceira fase de saques do PIS/Pasep Anteriormente, a programação de atendimento da 3ª fase de pagamentos previa saques a partir de 14 de dezembro
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
DothNews
Rec banner - Patio central
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento