Campo Grande •21 de Setembro de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner Rota das Estações - Primavera

Da redação | Sexta, 15 de Setembro de 2017 - 20h00Cassems realiza campanha de doação de sangue e medula ósseaAção é feita em parceria com Hemosul, Instituto Sangue Bom e outras entidades

(Foto: Divulgação)

O transplante de medula óssea é a única esperança de cura para milhares de portadores de doenças que afetam as células do sangue, como leucemia. A chance de encontrar uma medula compatível para a doação chega a ser de uma em cem mil. Para que esse número diminua a Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul (Cassems) lança no dia 18 de setembro, às 9 horas, no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Campo Grande (OAB/MS) a campanha #Bora Doar Sangue e Medula?

A campanha é uma verdadeira força-tarefa para conscientizar as pessoas sobre a importância de se cadastrar como possível doador de medula óssea e, dar continuidade a campanha de doação de sangue que é feita todos os anos pela Cassems. A expectativa é conseguir pelo menos 500 novos doadores.

O ato é uma parceria entre a Caixa dos Servidores e o Hemosul, Instituto Sangue Bom, Fórum dos Servidores Públicos do Estado de Mato Grosso do Sul, OAB/MS, Pátio Central – Shopping do Centro, Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul (Coren), Conselho Regional de Farmácia de Mato Grosso do Sul (CRFMS).

O presidente da Cassems, Ricardo Ayache, explica que que o objetivo da campanha é incentivar, principalmente, o cadastro no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome).

“Ao se cadastrar no Redome, o doador também pode salvar muitas vidas. O transplante de medula óssea pode beneficiar o tratamento de pelo menos 80 doenças”, destacou.
 
Seja um doador - Qualquer pessoa com idade entre 18 e 55 anos está apta a ser uma doadora de medula óssea. Os cadastrados têm retirado uma pequena quantidade de sangue, que tem seu nome incluído no Redome, que é gerenciado pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca).

Caso seja compatível com alguma pessoa que tenham doenças e necessitem de transplante, o doador é contatado para que o transplante.

Serviço - O Hemosul fica na avenida Fernando Corrêa da Costa, n°1.304, na região central de Campo Grande. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h30 e no sábado das 7h às 12h30. Interessados podem entrar em contato com o Hemosul pelo telefone 3312-1517. Confira abaixo o calendário da campanha:

 

Veja Também
Quinta, 21 de Setembro de 2017 - 06h42Sem chuva e com muito calor Não existe qualquer previsão de chuvas para os próximos dias
Aprovado projeto que inclui tipagem sanguínea em documentos
Palestra sobre 'Relacionamento com Clientes' será nesta quinta-feira
Dia da Árvore terá programação especial no TJMS
CCR MSVia oferece exames clínicos gratuitos a caminhoneiros
Jovem que matou por ciúmes é condenada a 18 anos
MS é o 5º colocado no Ranking de Competitividade dos estados
Festival da Primavera será aberto nesta sexta em Antônio João
Eleitores faltosos estão isentos de multas eleitorais
Correios paralisam por tempo indeterminado
Square Noticias UCDB
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothShop
Rec banner - Patio central
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento