Menu
21 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Meio Ambiente

Cartilha do Pescador está disponível na internet para download

Legislação ambiental prevê penalidades bastante severas por pesca predatória

18 Mai2017Da redação16h12

A Polícia Militar Ambiental e o Governo do Estado produziram a Cartilha do Pescador 2017 e iniciaram nesta quarta-feira (17.5) a distribuição nas Subunidades, visando a informar aos turistas todas as regras de pesca no Estado. A capa da cartilha é comemorativa aos 30 anos de criação da PMA comemorados no dia 19 de março de 2017.

Este trabalho é fundamental, pois as pessoas precisam dos informativos, tendo em vista que a legislação de pesca de Mato Grosso do Sul é bastante restritiva, com normas diferenciadas para as bacias do rio Paraná e Paraguai.

É importante ressaltar que a legislação ambiental prevê penalidades bastante severas por pesca predatória. Na parte criminal, as pessoas recebem voz de prisão, são encaminhadas às delegacias de polícia, autuadas em flagrante delito e poderão, se condenadas, pegar pena de um a três anos de detenção (Lei Federal nº 9.605/1998).

Na esfera administrativa, a multa é de R$ 700,00 a R$ 100.000,00, mais R$ 20,00 por quilo do pescado irregular (Decreto Federal nº 6.514/2008). Ainda cabe apreensão de todo o produto da pesca, petrechos, veículos, barcos e motores.

A cartilha publica tabelas com todas as medidas de pescado que possuem tamanhos mínimos de captura, cotas de captura e petrechos proibidos para as duas bacias (Paraná e Paraguai), rios onde a pesca é proibida e rios onde só se permite a modalidade pesque-solte e várias outras informações, que seriam impossíveis às pessoas decorarem.

Em resumo a cartilha trata dos seguintes assuntos:

Técnicas de manejo de controle de pesca;
Piracema;
Declaração de estoques;
A pesca desportiva e cotas de captura de pescado em MS;
Iscas vivas;
Locais proibidos para captura de iscas;
Tamanhos mínimos de captura de iscas;
Áreas de pesque e solte;
Espécie com pesca proibida;
Áreas de reserva de pesca e Trechos das áreas de reserva de pesca;
Petrechos e métodos proibidos ao pescador amador;
Autorização de pesca desportiva;
Valores das autorizações;
Transporte de pescado;
Rios onde é proibida a pesca em qualquer período;
Bacia do Rio Paraguai;
Penalidades para os crimes de pesca predatória;
Tamanhos mínimos de captura de peixes na bacia do Rio Paraguai;
Tamanhos mínimos de captura de peixes na bacia do Rio Paraná;
Penalidades administrativas e civis relativas à pesca predatória e Telefones e e-mails de todas as subunidades do 15º BPMA/MS.


Os pescadores também podem ter acesso à Cartilha nos postos da Polícia Militar Ambiental, ou imprimi-la pelo site da Polícia Militar Ambiental. Também, todas as 25 Subunidades do interior estarão com a cartilha, à disposição dos pescadores, a partir de segunda-feira (22.5).

Veja Também

Número de casos de febre amarela cresce 57%
Servidores públicos recebem certificado de qualificação
Gil de Camillo fala sobre ‘Arquitetura de Resultado’ no ‘Café com Negócios’
Terapeutas holísticos de MS se organizam em Associação
Agetran alerta para interdições em vias neste sábado e domingo
Idosa sofre com adiamentos de cirurgia
Trabalhador fica preso em ferragens após acidente em rodovia
Governo revitaliza asfalto de três rodovias estaduais
Justiça Federal torna Cabral réu pela 23ª vez na Lava Jato
Prefeitura convoca mais 70 médicos inscritos na cadastro temporário