Campo Grande •19 de Janeiro de 2018  • Ano 7
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner águas guariroba - campanha dezembro

Da redação | Sexta, 14 de Abril de 2017 - 11h21Carreta da Justiça chega a Bodoquena na próxima segunda-feiraCarreta da Justiça ficará no Auditório Mário Brother – Memorial Serra da Bodoquena

(Foto: Divulgação/TJMS)

De 17 a 20 de abril, a Carreta da Justiça estará na comarca de Bodoquena. Anteriormente, a equipe técnica do Tribunal de Justiça acompanhou o juiz Luiz Felipe Medeiros Vieira, que responde pela unidade móvel da justiça, para acertar os detalhes e isso significa que a Carreta da Justiça ficará no Auditório Mário Brother – Memorial Serra da Bodoquena, na Av. Manoel Rodrigues de Oliveira, s/n.

Depois de atender a demanda dos bodoquenenses, a Carreta da Justiça irá para Caracol, onde ficará de 24 a 28 de abril. O presidente do Tribunal de Justiça, Des. Divoncir Schreiner Maran, desde o início, não mediu esforços para alcançar o maior número possível de comarcas no menor tempo, fazendo da celeridade uma constante.

O juiz Luiz Felipe, questionado sobre a importância das parcerias nos locais onde a carreta está atendendo, lembra que nos municípios por onde passou sempre recebeu apoio das instituições municipais. “Em algumas localidades tivemos tratamento diferenciado, mostrando o quanto a justiça faz a diferença na vida dos cidadãos que buscam uma solução para seus conflitos. A população tem aproveitado a presença da justiça, o que torna nosso trabalho mais edificante”.

Até o momento, a Carreta da Justiça percorreu as comarcas de Rochedo, Corguinho, Taquarussu, Antônio João, Guia Lopes da Laguna e Aral Moreira, cidades onde o atendimento chegou a 10% da população local. Além disso, uma parceria com a juíza Jacqueline Machado, da 3ª Vara de Violência Doméstica e Familiar da Capital e coordenadora estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar, levou a unidade móvel para os distritos de Rochedinho e Anhandui – locais em que o atendimento focou o fim de qualquer tipo de violência contra a mulher.
 
As ações disponibilizadas na Carreta da Justiça abrangem matérias jurídicas cíveis e criminais como conversões e reconhecimentos de união estável em casamento, acordos cíveis, peticionamentos de iniciais do juizado, casos de guarda, alimentos e visitas, reconhecimento de paternidade, coletas de DNA, além de atendimentos de parceiros, do Ministério Público e Defensoria Pública estadual.

Acompanharam o juiz Luiz Felipe na visita técnica o assessor militar do TJMS, Coronel Geraldo Garcia Orti, a diretora da Secretaria de Bens e Serviços, Larissa de Almeida Fagundes, e o diretor da Secretaria de Obras, Daniel Felipe Hendges.

Veja Também
TRE realiza cadastro biométrico no prédio da FIEMS
Investigação sobre atropelamento em praia indica homicídio culposo
Tarifa de ônibus em Dourados sobe para R$ 3,30
No CCZ, 37 cães e 24 gatos estão à espera de um lar
MS teve último caso de febre amarela urbana em 1942, diz governo
Sexta, 19 de Janeiro de 2018 - 13h09Saiba onde CCR MSVia realiza obras e serviços a BR-163/MS Em caso de chuvas as obras poderão ser suspensas, retornando tão logo elas cessem
Congresso Brasileiro de Olericultura será em Bonito
Sexta, 19 de Janeiro de 2018 - 12h33Ministério da Educação reconhece 50 cursos de ensino superior Para solicitar reconhecimento do curso, é necessário que a instituição de ensino superior já tenha ministrado metade da carga...
Sistema Cooperativo participa do Showtec 2018
Agetran interdita diversas vias para realização de eventos
Square notícias UCI 2018
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothNews
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2018 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento