Menu
19 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Poluição Sonora

Candidato a vereador terá que pagar R$ 5 mil por poluição sonora

Poderá responder por crime ambiental de poluição sonora, a pena prevista é de um a quatro anos de reclusão

25 Set2016Da redação, (Com informações da PMA)07h47

Policiais Militares Ambientais foram acionados hoje (24) pela manhã pelo 6º Batalhão de Polícia Militar de Corumbá, em virtude de atendimento de denúncias de poluição sonora, à rua Frei Mariano com a rua Delamare, onde um candidato a vereador fazia campanha perturbando a vizinhança, com uso de diversas caixas de som.

Os policiais do 6º Batalhão e da PMA utilizando decibelímetro mediram a pressão de som no local, que registrou 85 decibéis, em local onde a permissão legal é de apenas 55 decibéis. As caixas, potências, uma mesa de som e microfones foram apreendidos.

O infrator, residente em Corumbá, foi encaminhado à Delegacia de Polícia Federal de Corumbá. Ele poderá responder por crime ambiental de poluição sonora. A pena prevista é de um a quatro anos de reclusão. Além disso, poderá perderá os aparelhos, que passam a ser material de crime.

O infrator também foi autuado administrativamente e multado pela PMA em R$ 5.000,00, por poluição sonora.

Veja Também

Internos concluem curso de Corte e Costura no interior
Governo Federal reconhece estado de emergência em 184 cidades
Ex-servidores do HU viram réus por desvio de dinheiro
Nova procuradora toma posse no MPT-MS
Mortos em acidente na BR são identificados
Falha em ônibus atingido por trem está sendo investigada
Projeto proíbe cobrança para religação de água e luz em caso de corte
TCU investigará se cobrança de bagagem barateou passagens aéreas
Ministério condena assédio de brasileiros a mulher na Rússia
Seminário discutirá correção monetária dos valores das modalidades licitatórias