Campo Grande •28 de Maio de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação, (Com informações da PMA) | Domingo, 25 de Setembro de 2016 - 07h47Candidato a vereador terá que pagar R$ 5 mil por poluição sonoraPoderá responder por crime ambiental de poluição sonora, a pena prevista é de um a quatro anos de reclusão

Mediram a pressão de som no local, que registrou 85 decibéis, em local onde a permissão legal é de apenas 55 decibéis
Mediram a pressão de som no local, que registrou 85 decibéis, em local onde a permissão legal é de apenas 55 decibéis (Foto: PMMS)

Policiais Militares Ambientais foram acionados hoje (24) pela manhã pelo 6º Batalhão de Polícia Militar de Corumbá, em virtude de atendimento de denúncias de poluição sonora, à rua Frei Mariano com a rua Delamare, onde um candidato a vereador fazia campanha perturbando a vizinhança, com uso de diversas caixas de som.

Os policiais do 6º Batalhão e da PMA utilizando decibelímetro mediram a pressão de som no local, que registrou 85 decibéis, em local onde a permissão legal é de apenas 55 decibéis. As caixas, potências, uma mesa de som e microfones foram apreendidos.

O infrator, residente em Corumbá, foi encaminhado à Delegacia de Polícia Federal de Corumbá. Ele poderá responder por crime ambiental de poluição sonora. A pena prevista é de um a quatro anos de reclusão. Além disso, poderá perderá os aparelhos, que passam a ser material de crime.

O infrator também foi autuado administrativamente e multado pela PMA em R$ 5.000,00, por poluição sonora.

Veja Também
Vídeos
Diário Digital no Facebook
Rec banner - cirurgia.net
DothNews
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento