Menu
15 de novembro de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner - AL/MS - Campanha Mudanças
Campo Grande 119 anos

Campo-grandense faz sucesso na Rússia

Jogador de futsal que cresceu no Bairro Santo Antônio está há seis anos vivendo longe de MS

23 Ago2018Elaine Silva - Especial para Diário Digital07h00
(Foto: Arquivo Pessoal)
  • (Foto: Arquivo Pessoal)
  • (Foto: Arquivo Pessoal)
  • (Foto: Arquivo Pessoal)
  • (Foto: Arquivo Pessoal)
  • (Foto: Arquivo Pessoal)
  • (Foto: Arquivo Pessoal)
  • (Foto: Arquivo Pessoal)

Não é só no futebol de campo que jogadores brasileiros ganham o mundo, também no Futsal (futebol de salão) nossos atletas fazem sucesso. O ala do time russo Gazprom-Yugra (fundado em 01 de agosto de 1993) Marcênio Ribeiro da Silva, 30 anos, ganhou pelo time quatro títulos entre os anos de 2014 até 2018, sendo um dos principais a UEFA Futsal Cup na temporada de 2015/16, além de ser bi-campeão sul-americano, bi-campeão do granprix de futsal e campeão das eliminatórias para Copa do Mundo.

Marcênio nasceu e cresceu no Bairro Santo Antônio, em Campo Grande, e há seis anos está jogando no time de futsal russo, além de fazer parte da seleção brasileira de futsal.  Antes de construir sua carreira Marcênio passou por vários times da Capital. “ O importante é nunca perder o foco, objetivo e não desistir”, enfatiza o atleta.

A proposta para jogar no time russo, surgiu quando Marcênio, jogava pelo time Carlos Barbosa. “As maiores dificuldades que tive quando cheguei aqui, foi o frio, o idioma e a cultura que são bem diferentes. A adaptação foi difícil nos primeiros 6 meses, mas depois fui me adaptando legal”, relata Marcênio.

Porém a saudade de casa ainda aperta o peito. A quilômetros de distância do seu Estado, o atleta sente falta da família e dos amigos. “Eu sinto falta de estar no meu ambiente que eu cresci, estar perto da minha família, amigos. Eu gosto muito de estar no Estado”, conta o jogador.

Para o jogador família é uma das principais palavras que movem suas escolhas, fato esse comprovado quando questionado sobre os planos para o futuro. “Eu tenho mais um ano de contrato, a gente vai de acordo com o que vão oferecendo para a gente. Vou escolhendo o lugar em que me sinta feliz, podendo competir ganhando títulos, e seja bom para mim e minha família”, informa Marcênio.

O atleta que saiu de Campo Grande e foi construindo a carreria até alcançar um time do exterior, deixa um recado para os atletas da Capital que sonham ser profissionais. “Para os jovens o principal é estudar conciliar o esporte com os estudos, depois quando surgir a oportunidade é não desistir, pois vão passar por muitas coisas. O importante é não perder o foco, objetivo e não desistir”, finaliza o atleta.

Carreira -  Marcênio jogou pelos times: Colégio ABC, Santa Fé Futsal, Carlos Barbosa até chegar na equipe russa.

Títulos -  O ala do time russo Gazprom-Yugra Marcênio ganhou pelo time quatro títulos entre os anos de 2014 até 2018, sendo uma das principais a UEFA Futsal Cup na temporada de 2015/16, e anteriormente Liga Russa de Futsal 2014/15. Em 2017/2018 ganhou a Taça Russa de Futsal 2017/18 e a Liga Russa de Futsal 2017/18. Já pela seleção brasileira o Marcênio foi bi-campeão sul-americano, bi-campeão do granprix de futsal e campeão das eliminatórias para Copa do Mundo.

Veja Também

MS é finalista em prêmio de Turismo
Guru indiano realiza palestras e retiro urbano
Aumenta possibilidade chuva
Projeto de servidoras é premiado em evento sobre violência no trabalho
Porque médicos dos EUA estão postando fotos ensanguentados?
Vereador de Eldorado morre em acidente na BR-163
Agentes se capacitam em intervenção e escolta prisional de alto risco
Ônibus Saladão estará na Praça do Peixe neste feriado
Gilmar Mendes suspende decisão que obriga bancos a ressarcir clientes
Segunda turma de doulas conclui curso de formação no HU-UFGD