Menu
21 de maio de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Mega banner Topíssima
Campo Grande

Campanha pede respeito aos direitos das pessoas com deficiência

Serão realizadas 'blitz'’ educativas, palestras para alunos das escolas Municipais e distribuição de cartilhas informativas

17 Abr2019Da redação19h38

A Prefeitura Municipal de Campo Grande, por meio da Subsecretaria de Defesa dos Direitos Humanos (SDHU) e através da Coordenadoria de Apoio à Pessoa com Deficiência (CAPED) realizou na manhã desta quarta-feira (17) às 9hs no Auditório do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul o lançamento da campanha ‘’Respeite o Espaço do Próximo”.

Com foco na conscientização sobre o uso de vagas reservadas a pessoas com deficiência em estacionamentos públicos e privadas, bem como em locais reservados no transporte público, a campanha propõe a sensibilização da sociedade, levando á reflexão por meio de frases de impacto em adesivos afixados em locais estratégicos. Também serão realizadas ‘’blitz’’ educativas, palestras para alunos das escolas Municipais e distribuição de cartilhas informativas.

“Nós falamos muitas coisas, mas fazemos tudo ao contrário então é preciso que tenhamos essa consciência e acho que estamos conseguindo. Nunca houve uma coordenadoria de apoio à pessoa com deficiência antes em Campo Grande e quando tínhamos uma iniciativa, não éramos representados por pessoas que de fato entendesse as necessidades diárias e hoje nós temos e vamos continuar lutando para que as dificuldades sejam cada vez menores”, pontuou o prefeito Marquinhos Trad.

A campanha ainda tem a intenção de fortalecer o curso de capacitação ‘’Ponto Positivo” realizado pelo consórcio Guaicurus em parceria com a Prefeitura, a fim de melhorar o atendimento aos usuários do transporte público, onde a CAPED palestra pela sensibilização ao atendimento à pessoa com deficiência.

Para o Coordenador da CAPED, David Marques, esse é mais um passo na inclusão da pessoa com deficiência, que fortalece a participação deste público junto à sociedade, e principalmente efetua o respeito a essas pessoas. “Outra coisa importante é como se referir. Nós não temos como portar uma deficiência, só como ter, é assim que se fala e estamos aqui para  informar e conscientizar as pessoas”.

‘’A Prefeitura de Campo Grande tem trabalhado com excelência, a fim de garantir os direitos das pessoas com deficiência. Buscar melhorias na acessibilidade e contribuir com novos projetos para o seguimento são prioridades nessa gestão. E a SDHU visa efetivar a independência, o respeito no trabalho, transporte, saúde, educação, esporte e lazer desta classe’’, ressalta o Subsecretario Ademar Júnior.

O lançamento da Campanha contou ainda com a apresentação do grupo Dança do Ventre sem Limites com mulheres cadeirantes. Mirella Balattore, uma das idealizadoras do grupo e também presidente da Associação de Mulheres com Deficiência de Campo Grande reforçou a importância de se colocar no lugar do outro.

“Em primeiro lugar é o respeito e depois a empatia, se colocar no lugar do outro antes de tomar alguma decisão. Quase nunca encontro vagas para cadeirantes nos lugares e as pessoas falam para eu usar o dos idosos, mas eu não sou idosa ainda, porque faria com o outro o que não quero que façam comigo”, questiona.

Veja Também