Campo Grande •24 de Julho de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner - Rota das estações

Da redação | Terça, 29 de Novembro de 2016 - 18h31Campanha do Dia Mundial de Luta Contra a AIDS faz testes rápidosObjetivo é estabelecer entrelaçamento de comunicação, promover troca de informações e experiências, e de criar um espírito de tolerância social

Primeiro de dezembro é o Dia Mundial de Luta Contra a AIDS. Neste ano, segundo o Ministério da Saúde é estimular a reflexão sobre a falsa impressão de que a AIDS afeta apenas o outro, distante da percepção de que todos estamos vulneráveis. Por isso, o Serviço de Assistência Especializada (SAE) em HIV/AIDS e Hepatites Virais realizou testes rápidos de HIV/AIDS e Sífilis em Coxim.

Segundo a Coordenadora do SAE, Ana Graciela Vilhalva as atividades da Campanha do Dia Mundial de Luda contra a AIDS foi iniciada na zona rural, foram realizados 44 testes de Sífilis e AIDS na UBS do São Ramão. Já no domingo (27) a equipe do Serviço de Assistência Especializada juntamente com os acadêmicos de enfermagem da UFMS estiveram na Feira do Produtor e mais 104 testes foram realizados. Nesta terça-feira (29) a equipe esteve na UBS Totó Araújo onde foi realizado mais 44 testes. “Não foi identificado nenhum paciente com o vírus da AIDS, somente com Sífilis. Vamos fazer todo o acompanhamento para que o tratamento seja realizado corretamente”, informou.

O secretário Municipal de Saúde, Rogério Souto informa que o SAE presta atendimento o ano todo e fica anexo a policlínica e que, graças ao trabalho executado nesta gestão de investimento e capacitações houve a descentralização dos testes rápidos de HIV e Sífilis e hoje é possível fazê-los em todas as unidades básicas de saúde e SAE, sendo passível começar o tratamento o quanto antes. “Fazendo o tratamento correto contra a Sífilis o paciente é curado. Já a AIDS, não tem cura ainda, mas com o uso do coquetel o paciente tem uma vida praticamente normal”, pontuou.

Para o prefeito Aluizio São José a Luta Contra a AIDS e Infecções Sexualmente Transmissíveis deve ser diária. “São disponibilizados nas Unidades Básicas de Saúde preservativos para relação sexual com proteção. É gratuito, basta buscar na UBS mais próxima de sua casa. E se há alguma suspeita de infecção sexual, procure o SAE faça o teste rápido e comece seu tratamento”.

Porque 1° de Dezembro é o Dia Mundial de Luta Contra a AIDS?

O Dia Mundial da Luta Contra AIDS é um dia que, cada ano, deve servir para desenvolver e reforçar o esforço mundial da luta contra a AIDS. O objetivo deste dia é estabelecer o entrelaçamento de comunicação, promover troca de informações e experiências, e de criar um espírito de tolerância social.

O Dia Mundial da Luta Contra a AIDS dá a ocasião de se falar da infecção por HIV e da AIDS, de se ocupar das pessoas infectadas pelo HIV e das doenças da AIDS, e de se saber mais sobre esta doença. Este dia internacional de ação coordenada contra a AIDS constitui já um evento anual na maior parte dos países.

Evocando as atividades de luta já em curso e encorajando novas iniciativas, o Dia Mundial de Luta Contra a AIDS contribui para edificar uma ação durável contra a AIDS.

(Tradução e adaptação do "Journée Mondiale SIDA - Information n.º 1" da Organisation Mondiale de la Santé - Programme Mondial de Lutte Contre le SIDA).

Veja Também
Em carreata, motoristas de Uber protestam na Capital
Cães nas ruas dificultam combate à raiva em Corumbá
Agetran promove ações alusivas ao Dias do Motorista e Motociclista
Material reaproveitável será utilizado na Oficina de Ecobags em Bonito
Prefeitura prepara 29ª Festa do Folclore de Três Lagoas
Arraiá Uems terá quadrilha, bandas e show de talentos
Obras da Euler de Azevedo são prorrogadas por 120 dias
Enfermeiros têm carga horária de 30h regulamentada em lei
Segunda, 24 de Julho de 2017 - 12h22Casa da moeda retoma a emissão de passaportes nesta segunda-feira Casa da Moeda estima que em até cinco semanas o serviço esteja regularizado, zerando a fila de espera
Segunda, 24 de Julho de 2017 - 12h00Injeção mensal contra HIV pode substituir tratamento diário, diz estudo Atualmente, portadores do HIV devem tomar um comprimido por dia para que vírus seja indetectável e não seja transmitido
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothShop
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento