Menu
24 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Governo do Estado - Gestão por Competência
Coxim

Campanha do Dia Mundial de Luta Contra a AIDS faz testes rápidos

Objetivo é estabelecer entrelaçamento de comunicação, promover troca de informações e experiências, e de criar um espírito de tolerância social

29 Nov2016Da redação18h31

Primeiro de dezembro é o Dia Mundial de Luta Contra a AIDS. Neste ano, segundo o Ministério da Saúde é estimular a reflexão sobre a falsa impressão de que a AIDS afeta apenas o outro, distante da percepção de que todos estamos vulneráveis. Por isso, o Serviço de Assistência Especializada (SAE) em HIV/AIDS e Hepatites Virais realizou testes rápidos de HIV/AIDS e Sífilis em Coxim.

Segundo a Coordenadora do SAE, Ana Graciela Vilhalva as atividades da Campanha do Dia Mundial de Luda contra a AIDS foi iniciada na zona rural, foram realizados 44 testes de Sífilis e AIDS na UBS do São Ramão. Já no domingo (27) a equipe do Serviço de Assistência Especializada juntamente com os acadêmicos de enfermagem da UFMS estiveram na Feira do Produtor e mais 104 testes foram realizados. Nesta terça-feira (29) a equipe esteve na UBS Totó Araújo onde foi realizado mais 44 testes. “Não foi identificado nenhum paciente com o vírus da AIDS, somente com Sífilis. Vamos fazer todo o acompanhamento para que o tratamento seja realizado corretamente”, informou.

O secretário Municipal de Saúde, Rogério Souto informa que o SAE presta atendimento o ano todo e fica anexo a policlínica e que, graças ao trabalho executado nesta gestão de investimento e capacitações houve a descentralização dos testes rápidos de HIV e Sífilis e hoje é possível fazê-los em todas as unidades básicas de saúde e SAE, sendo passível começar o tratamento o quanto antes. “Fazendo o tratamento correto contra a Sífilis o paciente é curado. Já a AIDS, não tem cura ainda, mas com o uso do coquetel o paciente tem uma vida praticamente normal”, pontuou.

Para o prefeito Aluizio São José a Luta Contra a AIDS e Infecções Sexualmente Transmissíveis deve ser diária. “São disponibilizados nas Unidades Básicas de Saúde preservativos para relação sexual com proteção. É gratuito, basta buscar na UBS mais próxima de sua casa. E se há alguma suspeita de infecção sexual, procure o SAE faça o teste rápido e comece seu tratamento”.

Porque 1° de Dezembro é o Dia Mundial de Luta Contra a AIDS?

O Dia Mundial da Luta Contra AIDS é um dia que, cada ano, deve servir para desenvolver e reforçar o esforço mundial da luta contra a AIDS. O objetivo deste dia é estabelecer o entrelaçamento de comunicação, promover troca de informações e experiências, e de criar um espírito de tolerância social.

O Dia Mundial da Luta Contra a AIDS dá a ocasião de se falar da infecção por HIV e da AIDS, de se ocupar das pessoas infectadas pelo HIV e das doenças da AIDS, e de se saber mais sobre esta doença. Este dia internacional de ação coordenada contra a AIDS constitui já um evento anual na maior parte dos países.

Evocando as atividades de luta já em curso e encorajando novas iniciativas, o Dia Mundial de Luta Contra a AIDS contribui para edificar uma ação durável contra a AIDS.

(Tradução e adaptação do "Journée Mondiale SIDA - Information n.º 1" da Organisation Mondiale de la Santé - Programme Mondial de Lutte Contre le SIDA).

Veja Também

Lei que dá desconto no IPTU a quem instalar câmeras é promulgada
Parque da Capital é fiscalizado após denúncia popular
Canditados já podem conferir se tiveram ou não isenção no Enem
Em Três Lagoas, artesãos serão cadastrados e receberão carteirinha
OAB-MS acionará CNJ contra obrigação de digitalizar processos
Vale Universidade Indígena convoca pré-habilitados para nova etapa
Governo premiará servidores que desenvolvem boas práticas no serviço público
Economia Parcelamento de dívidas de micro e pequenas empresas é regulamentado Valor da parcela mínima será de R$ 50,00 para o microempreendedor individual
Moringa pode purificar a água e ainda combater a desnutrição pelo mundo
Secretário fala de ações do Estado para reforçar a segurança na fronteira