Menu
21 de abril de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Super Banner SEGOV - VALE UNIVERDADE
Campo Grande

Campanha acaba, mas quatro unidades de saúde vacinarão crianças no fim de semana

Estas unidades vão funcionar das 6h15 às 17h45, com intervalo para o almoço

14 Set2018Da redação16h16

A Campanha de Vacinação contra o Sarampo e a Poliomielite para imunizar crianças de 1 ano a menores de 5 anos termina nesta sexta-feira (14) nas 68 unidades básicas de saúde (UBS/UBSF). As salas de vacinas destes locais funcionam das 7h15 às 11h e das 13h às 16h45.

Porém, neste sábado e domingo (15 e 16 de setembro), a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) de Campo Grande vai disponibilizar quatro unidades para: Centros Regionais de Saúde (CRS) Nova Bahia, Tiradentes, Aero Rancho e Coophavila. Estes locais vão funcionar das 6h15 às 17h45, com intervalo para o almoço.

O objetivo nesta reta final da Campanha é atingir a meta de vacinar 95% das crianças e que somam pouco mais de 47,5 mil. Até o momento a Cobertura Vacinal para o Sarampo e a Poliomielite está em 85,55% e 86,06%, respectivamente. Cerca de 6,6 mil crianças não foram levadas pelos pais às UBS/UBSF para receberem as doses.

Neste ano foram notificados 14 casos suspeitos de sarampo em Campo Grande, sendo que 10 já descartados. Dos quatro casos que a Sesau está investigando, três são de crianças (1, 2 e 5 anos) e um adulto (28 anos).

Segundo a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Mariah Barros, os pais devem levar as crianças para se vacinar e evitar possíveis complicações no futuro. “Quando uma criança nesta idade que faz parte da Campanha não é vacinada, ela corre o sério risco de contrair a doença e transmitir rapidamente para outras pessoas. A prevenção é o melhor a ser feito e evitar que crianças tenham sequelas deixadas pela doença”, explica.

Mariah explica ainda que “estamos oportunizando reforço nas salas de vacinação neste fim de semana para os pais que não levaram as crianças durante a semana, possam fazê-lo agora e ainda registrarmos essas doses aplicadas dentro da meta da Campanha”.

Os pais e responsáveis são atores sociais importantes no processo de manutenção da eliminação das doenças imunopreveníveis e por isso devem comparecer às UBS/UBSF com suas crianças, levando a caderneta de vacinação para avaliação e registro da vacina.

Veja Também

Mais de 100 pessoas são presas em protesto dos coletes amarelos
Avianca cancela quase 2 mil voos até o dia 28
Fechamento da fronteira com a Venezuela completa dois meses
Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio estimado de R$ 60 milhões
CPI de Brumadinho colhe depoimentos e vota requerimentos nesta terça
MEC prepara material para explicar nova política de alfabetização
Campanhas buscam elevar cobertura vacinal no país
Nova etapa da Campanha contra a Gripe começa nesta segunda-feira
Pediatras pedem fim da obrigatoriedade do Teste da Linguinha
Projeto acaba com regimes aberto e semiaberto para crimes violentos