Menu
16 de julho de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Saúde

Brasileiros ocupam todas as vagas do Mais Médicos

Selecionados deverão se apresentar nas cidades escolhida para trabalhar até o dia 22

13 Fev2019Da Agência Brasil12h43

O Ministério da Saúde informou que as últimas 1.397 vagas do Programa Mais Médicos foram escolhidas por brasileiros formados no exterior antes das 9h de hoje (13). O prazo final para inscrição no site http://maismedicos.gov.br/ do programa se encerra amanhã (15), às 18h. Estavam disponíveis 8.517 vagas em todo o país desde a saída dos médicos cubanos do programa.

O ministério divulgará, em 19 de fevereiro, a lista completa com a localidade onde cada profissional formado no exterior trabalhará. Os candidatos selecionados deverão se apresentar nas cidades escolhida para trabalhar até o dia 22 de fevereiro. Aqueles que não tiverem o Registro do Ministério da Saúde (RMS) realizarão um módulo de acolhimento, durante o qual assistirão aulas e serão avaliados pela coordenação nacional do programa.

De acordo com o ministério, com a manifestação de interesse por médicos brasileiros formados no país ou no exterior, não será necessário convocar profissionais estrangeiros para preencher as 8.517 vagas abertas após o fim da cooperação com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e a consequente saída do país dos médicos cubanos que atuavam no programa.

Veja Também

Proibição de telemarketing de telefônicas começa nesta terça-feira
Chuva ameniza seca e temperatura cai
Trator causa incêndio na área do Aeroporto Plínio Alarcon
Projetos de lei Câmara Municipal votará Programa Parlamento Jovem Objetivo principal é aproximar os estudantes do poder Legislativo Municipal
Homens sofrem queimaduras ao acenderem chapa de bife
20 milhões de crianças não recebem vacinas essenciais a cada ano
Lista de espera do Fies é automática e estudantes devem ficar atentos
Reme adia retorno das aulas para próxima semana
Confira escala médica das UPAs e CRSs nesta segunda-feira
Educação Inscrições do Encceja para pessoas privadas de liberdade começam hoje O exame, aplicado pelo Inep, é destinado àqueles que não concluíram os estudos na idade adequada