Menu
15 de outubro de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Atenção

Bolsonaro manda suspender uso de radares nas rodovias federais

O presidente já afirmou, entretanto, que a intenção é, ao fim do prazo, não renovar esses contratos

15 Ago2019Agência Brasil09h15

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, determina ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio de despachos publicados hoje (15) no Diário Oficial da União, que suspenda o uso de radares "estáticos, móveis e portáteis" até que o Ministério da Infraestrutura “conclua a reavaliação da regulamentação dos procedimentos de fiscalização eletrônica de velocidade em vias públicas”.

De acordo com o documento, a medida tem por objetivo “evitar o desvirtuamento do caráter pedagógico e a utilização meramente arrecadatória dos instrumentos e equipamentos medidores de velocidade”.

O despacho do presidente pede também que o ministério “proceda à revisão dos atos normativos internos que dispõem sobre a atividade de fiscalização eletrônica de velocidade em rodovias e estradas federais pela Polícia Rodoviária Federal.

Ao deixar o Palácio da Alvorada, nesta manhã, Bolsonaro destacou que os radares fixos, aqueles instalados em postes ao lado das rodovias, não entram nessa suspensão, pois o governo tem contratos com empresas que operam esses equipamentos. “Não vamos alterar contratos”, disse. O presidente já afirmou, entretanto, que a intenção é, ao fim do prazo, não renovar esses contratos.

Veja Também

Tom inovador marca evento pioneiro de moda na Capital
Tribunal de Justiça julga pedido de habeas corpus para presos da Omertà
Morador do bairro Coophasul ganha carro no 3º sorteio do 'IPTU Dá Prêmios'
PMA fecha abatedouros clandestinos
Resgate Aéreo atende criança no Pantanal
Tecnologia Qual a Importância de um bom Gerenciador de Wi-Fi para o hotel? Uma internet estável é importante para o usuário que precisa se conectar sem preocupações, e também para a rede hoteleira
Detento escapa de escolta mas é recapturado dentro de bar
Procon flagra irregularidades e autua mercearia no Coophatrabalho
Publicado decreto que regulamenta o trabalho temporário
Vereador vira