Menu
25 de abril de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega Banner Governo do Estado - Gestão por Competência
Acordo

Greve termina e bancos abrem normalmente nesta sexta-feira

Agências bancárias funcionarão normalmente nesta sexta-feira, segundo sindicato

6 Out2016Valdelice Bonifácio20h39
(Foto: Roberto Okamura)
  • Na tarde desta quinta-feira, funcionários de bancos do centro da Capital já retiravam os cartazes colocados pelos grevistas
  • (Foto: Roberto Okamura)
  • (Foto: Roberto Okamura)

Os bancários aceitaram a contraproposta de reajuste salarial apresentada pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e colocaram fim à greve que nesta quinta-feira, dia 6 de outubro, completou 31 dias. Nesta sexta-feira, dia 7, as agências bancárias de Campo Grande e região que aderiram ao movimento funcionarão normalmente, segundo informação repassada pelo sindicato da categoria. A paralisação foi a maior desde 2004.

Os bancários aceitaram a proposta de reajuste salarial de 8% mais abono de R$ 3,5 mil para o ano vigente. Quando as negociações começaram, os trabalhadores exigiam 14,7% de reajuste, mas os patrões tinham dificuldade em acatar este índice, daí a demora no acordo entre as partes. O acerto desta sexta-feira garante ainda a reposição integral da inflação no ano que vem mais 1% de ganho real para salários e demais benefícios.

Conforme o sindicato laboral, na Capital e região, todas as agências funcionarão, inclusive as da Caixa Econômica Federal (CEF), cujos trabalhadores são estatutários. No auge da greve, os bancários de Campo Grande e região chegaram a fechar 140 das 160 agências representadas pelo sindicato. Pelo acordo, os bancos não descontarão os dias paralisados que serão abandonados, segundo a entidade representativa dos trabalhadores.

Veja Também