Campo Grande •22 de Agosto de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner ÁGUAS GUARIROBA - Aniversário de Campo Grande

Giselli Figueiredo, de Aquidauana, em colaboração para o Diário Digital | Sexta, 10 de Fevereiro de 2017 - 16h21Autores de agressão não queriam machucar, diz advogadoMangueira de alta pressão foi acionada por fora da roupa da vítima

  
(Foto: Marco Miatelo)
  • (Foto: Divulgação)

A lesão causada em um adolescente de 17 anos durante uma suposta brincadeira em um lava-jato da Capital, causou muita comoção popular, mas os dois suspeitos desse fato que virou crime, através do advogado Francisco Guedes Neto, integrante do Escritório de Advocacia Ricardo Trad, buscam explicar o acontecido. A defesa de Thiago Giovanni Demarco Sena e Willian Henrique Larreia, conversou com a reportagem do Diário Digital, e se solidariza com todos os envolvidos nesta fatalidade.  

Na ótica do advogado de defesa, a infeliz brincadeira entre os envolvidos, resultou em um fim inesperado e indesejado. Segundo Guedes, os investigados não agiram com dolo (vontade consciente) de lesionar a integridade física da vítima. Sequer tiveram a intenção de matá-la. “Os envolvidos são amigos, brincavam entre si e tomavam tereré juntos todos os dias, tornando o ambiente de trabalho descontraído e amigável”.

Ainda de acordo com a defesa, durante a brincadeira entre os amigos que ocasionou a lesão, Thiago e Willian não tinham ciência de que o ar aplicado por fora do short jeans da vítima poderia ferí-la, ressaltando que a pistola de ar não foi introduzida no corpo do menor, como foi divulgado, onde o próprio adolescente confirmou essa versão em suas declarações ao delegado de polícia, confirmando a inexistência de introdução da mangueira em seu corpo. “Se soubessem da potencialidade da brincadeira, jamais a fariam”, friza Guedes.

Francisco Guedes disse à reportagem que os investigados estão consternados e arrependidos, e desejam que o adolescente se recupere o mais rápido possível. Tanto Thiago e Willian, bem como suas famílias se prontificaram, desde o ocorrido, a ajudar a vítima. “Eles prestaram socorro imediato, participaram do translado da ambulância da UPA até a Santa Casa, e estiveram presentes no hospital visando colaborar com a família do menor, até serem ameaçados”.

A defesa esclarece que os investigados não se furtarão de responder pelos seus atos perante a autoridade policial e perante a justiça. Ambos se colocaram à disposição da DPCA (Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente) para prestar novos esclarecimentos, e participar, imediatamente, de qualquer ato diligenciado. Thiago e William estão dispostos a responder, pelos seus atos, mas espera que a Justiça decida o caso dentro dos limites da culpa – ante a ausência de qualquer modalidade de dolo (dolo direto e dolo eventual) no caso em concreto.

Histórico - O caso, registrado como lesão corporal, foi denunciado pelo primo da vítima, de 28 anos. No relato, ele disse que o adolescente “brincava com os colegas de trabalho”, quando um dos homens o agarrou pelo lombo e o dono do local inseriu uma mangueira no ânus do garoto.

A vítima foi levada por um dos acusados à Unidade de Pronto Atendimento do Bairro Tiradentes, enquanto o outro avisou a família. O menor foi encaminhado para a Santa Casa, onde ele está internado. Seu quadro de saúde já apresentou melhoras e ele é considerado um paciente estável.  

Veja Também
Terça, 22 de Agosto de 2017 - 11h07CCR MSVia alerta para trechos em serviços na BR-163/MS Em caso de chuva as obras serão interrompidas
Terça, 22 de Agosto de 2017 - 10h37Hoje é o último dia para fazer a inscrição em cursos do Pronatec Prazo foi ampliado para garantir oportunidade aos que não puderam se inscrever em tempo hábil
Terça, 22 de Agosto de 2017 - 09h28Com foco no atendimento à população, formação continuada debate esporte, lazer e saúde Encontro, que aconteceu no auditório do Sicredi, integra o programa de formação continuada
Hortaliças cultivadas em presídio semiaberto de Corumbá são doadas a instituições filantrópicas
Azambuja lamenta morte de ex-governador
Terça, 22 de Agosto de 2017 - 08h00Uems realiza minicurso sobre propriedade intelectual Evento é gratuito e aberto a todos os pesquisadores da Universidade e demais interessados, não sendo necessária inscrição
Terça, 22 de Agosto de 2017 - 07h25Sensação térmica de 8° na madrugada Apesar de mais elevada a máxima não deve ultrapassar os 25°
Pedro Celestino a luta contra divisão do Estado
Acidente entre carro e carreta deixa uma pessoa morta
Governador sanciona Lei que institui o Dia Estadual da Educação Superior
Square banner notícias UCI
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothNews
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento