Campo Grande •19 de Janeiro de 2018  • Ano 7
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner águas guariroba - campanha dezembro

Da redação | Terça, 8 de Novembro de 2016 - 17h20Audiência discute pulverização aérea em MSMato Grosso consome o equivalente a 43 litros de veneno por habitante

(Foto: Marco Miatelo)

O Brasil é o País que mais utiliza agrotóxico nas plantações. Dados do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA), órgão do Ministério da Saúde, afirmam que no Brasil a venda de agrotóxicos saltou de US$ 2 bilhões para mais de US$7 bilhões entre 2001 e 2008, alcançando valores recordes de US$ 8,5 bilhões em 2011.

Estudos estimam que aproximadamente 25 milhões de trabalhadores agrícolas de países pobres sofram com algum tipo de intoxicação causada por exposição a agrotóxicos. De acordo com dados do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea), Mato Grosso é o maior consumidor do Brasil, com o equivalente a 43 litros de veneno por habitante.

Em Mato Grosso do Sul, a estimativa é que cada pessoa consome proporcionalmente até 40 litros de agrotóxicos por ano, quase seis vezes a mais do que a média nacional per capita, que é de 7,3 litros por ano. A exposição e o consumo de produtos contaminados em médio e longo prazo podem causar distúrbios neurológicos, problemas respiratórios, cardíacos, pulmonares, no sistema imunológico e na produção de hormônios, além de má formação fetal e até câncer.

Conforme o deputado estadual Amarildo Cruz, estudos recentes do Inca mostram a relação do crescimento das vendas de agrotóxicos com o registro de casos de câncer no País. “Esse é um assunto preocupante e que precisa ser discutido com profundidade e responsabilidade. O País é o maior consumidor de agrotóxicos no Mundo. Temos o caso comprovado de intoxicação de centenas de pessoas na cidade de Lucas do Rio Verde, no vizinho estado de Mato Grosso, em 2006, durante uma pulverização aérea. Até hoje moradores daquele município sofrem com os problemas daquela intoxicação”, esclareceu.

Veja Também
TRE-MS realiza cadastramento biométrico da Capital no prédio da FIEMS
Investigação sobre atropelamento em praia indica homicídio culposo
Tarifa de ônibus em Dourados sobe para R$ 3,30
No CCZ, 37 cães e 24 gatos estão à espera de um lar
MS teve último caso de febre amarela urbana em 1942, diz governo
Sexta, 19 de Janeiro de 2018 - 13h09Saiba onde CCR MSVia realiza obras e serviços a BR-163/MS Em caso de chuvas as obras poderão ser suspensas, retornando tão logo elas cessem
Congresso Brasileiro de Olericultura será em Bonito
Sexta, 19 de Janeiro de 2018 - 12h33Ministério da Educação reconhece 50 cursos de ensino superior Para solicitar reconhecimento do curso, é necessário que a instituição de ensino superior já tenha ministrado metade da carga...
Sistema Cooperativo participa do Showtec 2018
Agetran interdita diversas vias para realização de eventos
Square notícias UCI 2018
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
DothNews
Rec banner - Patio central
DothShop
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2018 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento