Menu
23 de agosto de 2019 • Ano 8
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Netto
Saúde

Assistência a saúde receberá investimentos na Capital

Serão destinados aproximadamente R$ 3,5 milhões para serviços com SAMU e UTIs

22 Jul2019Da redação19h14

Campo Grande e ao menos outros 12 municípios de Mato Grosso do Sul serão beneficiados com a liberação de R$167 milhões para ampliação e qualificação da assistência à saúde para os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), anunciada na manhã desta segunda-feira (22) pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, durante evento realizado no Centro de Convenção Arquiteto Rubens Gil de Camillo.

Para a Capital, devem ser destinados, aproximadamente, R$ 3,5 milhões para custeio de serviços que foram  habilitados e qualificados, entre eles o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU); Equipe Multiprofissional de Atenção Domiciliar e Apoio (EMAD/EMAP) e leitos de Unidades de Terapia Intensifa (UTIs) adulto e pediátrico.

O prefeito Marquinhos Trad destacou o empenho do ministro Luiz Henrique Mandetta na liberação dos recursos que irão beneficiar diretamente a população campo-grandense, possibilitando um investimento maior e uma saúde de qualidade.

“Vivemos um momento único e importante onde as forças se convergem buscando o melhor para o nosso Estado e para o município. Precisamos reconhecer o trabalho que vem sendo feito pelo ministro (Luiz Henrique Mandetta) que através desta parceria, balizada pela ética e moralidade, vai proporcionar certamente uma melhor qualidade de vida a nossa população, através de um atendimento de saúde mais qualificado”, disse.

Marquinhos enalteceu ainda a parceria com o Governo do Estado que tem contribuído nas ações e investimentos em todos os setores.

Na ocasião, o governador Reinaldo Azambuja anunciou um incremento de 20% no valor que hoje é repassado às Equipes de Sáude da Família (ESFs), fortalecendo assim ainda mais o atendimento na Atenção Primária.

Fortalecimento da Atenção Primária

Mato Grosso do Sul  deve receber ainda do Ministério da Saúde o incetivo de R$78 milhões  para criação do Laboratório de Inovação na Atenção Primária (LIAP), envolvendo 9 unidades de saúde com 41 ESFs. Entre as ações estão o fortalecimento da vigilância; compra de equipamentos; oficinas para uso racional de medicamentos; pesquisas de avaliação da Atenção Primária; implantação de dois observatórios para apoiar o trabalho das equipes; implantação do serviço de Telemedicina; oferta de até 45 bolsas em Residência em Medicina de Família e Comunidade e de 100 bolsas para Residência Multiprofissional Saúde da Família.

Reforço no combate a dengue

Durante o ato, o ministro Luiz Henrique Mandetta anunciou a liberação de R$ 9,5 milhões para Campo Grande de incentivo para ações de vigilância e assistência em saúde, recursos estes que devem ser utilizados para a compra de reagentes para realização de exames, aquisição de insumos, macas, poltronas para hidratação, soro, agulhas, colchões e medicamentos para ampliação dos leitos especializados para pacientes graves.

O município enfrentou uma epidemia de dengue e chegou a decretar situação de emergência, diante dos índices alarmantes registrados nos cinco primeiros meses do ano. Atualmente a epidemía está controlada e no mês de junho houve redução de 70% nos casos notificados, em relação a maio.

Emendas

Campo Grande também está sendo beneficiada com a liberação  de aproximadamente R$ 3,4 milhões do repasse de emendas impositivas individuais e não impositivas para incremento da Média e Alta Complexidade (MAC) e em torno de R$ 4,2 milhões para aquisição de equipamentos.

Com informações da assessoria

Veja Também

Celebração aos influenciadores digitais
ALMS derruba veto e insenção em concurso para mesários continua
Ibama pretende monitorar desmatamento
Sejusp fecha fronteira e apreende sete toneladas de drogas
Agehab notifica beneficiários de Corumbá por inadimplência
Praça dos imigrantes terá um canto às mulheres
Rampa para desembarque de barcos está sendo construída
Bolsonaro volta a dizer que ONGs podem estar por trás de queimadas
Motociclista se surpreende ao avistar onça-pintada
Bombeiros fazem alerta sobre dias de tempo seco