Campo Grande •28 de Maio de 2017  • Ano 6
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto

Da redação | Sexta, 12 de Maio de 2017 - 14h15Assinado contrato que garante nova cara ao CentroObjetivo é que o Centro se torne nova opção de convivência em Campo Grande

(Foto: Divulgação/Prefeitura da Capital)

O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, assinou nesta sexta-feira (12), em Brasília, o contrato de US$ 56 milhões com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para revitalização do Centro de Campo Grande. O projeto garante cara nova a Capital, com expectativa de que o Centro deixe de ser um local de passagem e se apresente como nova opção de convivência em Campo Grande.

“É mais do que uma conquista, uma realização. Foram quase dez anos em busca da assinatura de um contrato para revitalizar o quadrilátero central de Campo Grande. Na data de hoje, com essa assinatura, podemos dizer que não apenas o Centro de Campo Grande sairá fortalecido e rejuvenescido, mas vai irradiar em todos os bairros da nossa Cidade Morena. Por isso, tenho dito: cada vez mais, a nossa gestão procura melhorar a qualidade de vida de todos os campo-grandenses”, declarou o prefeito, após assinatura.

O secretário de Governo, Antônio Lacerda, considera o projeto uma redenção para o Centro, que na avaliação dele, tem sido desprezado ao longo do tempo pelo crescimento da cidade, com a instalação de comércio e shoppings nos bairros da Capital. “É a oportunidade de transformar o Centro, sobretudo a Rua 14 de Julho, em um shopping a céu aberto”, pontuou.

Lacerda destacou ainda toda a preocupação da prefeitura em cuidar do Centro no período noturno também. Para isso, busca parcerias para instalação de uma universidade, novas residências e estacionamento vertical. “É uma redenção para este local onde nasceu o embrião principal de Campo Grande. Estamos trazendo o Centro de volta, com um esplendor extraordinário”, declarou.

Projeto- O projeto prevê mudanças estruturais na área central, que vão trazer mais conforto e modernidade aos comerciantes e moradores da região, com requalificação da Rua 14 de Julho e suas transversais. O montante financiará drenagem, pavimentação, esgoto, calçada, arborização e nova iluminação na Rua 14 de Julho, entre a Fernando Corrêa da Costa e a Mato Grosso.

O investimento garantirá acessibilidade, paisagismo, mobiliário urbano e requalificação de pontos turísticos de Campo Grande,  incluindo o Horto FloreWhatsApp Image 2017-05-12 at 13.23.29stal, Mercadão Municipal e a Morada dos Baís, com tratamento nas calçadas,  e trânsito melhor em toda região, que ainda inclui o Camelódromo.

A diretora-executiva de Planejamento e Gestão Estratégica, Catiana Sabadin, cita como exemplo as mudanças para garantir acessibilidade. Hoje, cada um constrói a calçada de um jeito diferente, criando problema para quem tem dificuldade para se locomover. No projeto, a calçada terá nível próximo da rua, para que as pessoas possam caminhar sem dificuldade.

Também há preocupação de construir um circuito caminhável no Centro, tornando o ambiente mais agradável e, consequentemente, movimentando a economia.   A prefeitura vai investir, por exemplo, na compra de árvore em tamanho grande, para que o campo-grandense já possa desfrutar da sombra delas, observando a diferença do ambiente imediatamente.

A fiação será subterrânea e as calçadas serão alargadas, para instalação de bancos, totens e lixeiras, por exemplo. Para isso, da Afonso Pena até a Mato Grosso, só será autorizado estacionamento para idosos, portadores de deficiência e descarga de mercadorias.

A história da cidade também será resgatada com uma escultura do antigo relógio da Rua 14 de Julho, nas mesmas dimensões da original. Ele será instalado no cruzamento da Rua 14 de Julho com a Afonso Pena.

O contrato prevê cinco anos de carência, até que a prefeitura pague o montante principal da dívida, que será quitada em 20 anos, com juro de 2% ao ano. Com o contrato assinado, a prefeitura já prepara a licitação, para dar início a obra já no segundo semestre deste ano.

A cerimônia contou com a participação do representante do Bird, Hugo Florez Timoran, senador Pedro Chaves, deputado Carlos Marun, vereadores João César Mattogrosso, Odilon de Oliveira e Papy, e os secretários de Cultura e Turismo, Nilde Brum, e de Desenvolvimento Econômico e de Ciência e Tecnologia, Luiz Fernando Buainain.

Veja Também
Vídeos
Diário Digital no Facebook
DothShop
Rec banner - cirurgia.net
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2017 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento