Menu
21 de maio de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Mega banner FIEMS - Mês da Industria
Inclusão

Assembleia de MS agora tem intérprete de Libras em sessões

Janela em que as profissionais ocupam na tela da TV foi ampliada

9 Set2017Da redação10h17

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul conta agora com os serviços de duas intérpretes da Linguagem Brasileira de Sinais (Libras), que já acompanham as sessões plenárias nas transmissões ao vivo pela TV ALMS informando ao público surdo tudo o que acontece. Para uma melhor visualização do telespectador, a janela em que as profissionais ocupam na tela da TV foi ampliada no sentido de garantir que todas as discussões sejam entendidas da melhor maneira.

Conforme a jornalista Ligia Sabka, gerente da TV ALMS, pesquisa com surdos foi realizada por equipe técnica para saber quais as principais dificuldades encontradas por eles quando assistem programas que oferecem os serviços da Libras. “Muitos disseram que a janela em que os tradutores e intérpretes ficam é pequena e diante disso alguns sinais geralmente não eram compreendidos. Por esse motivo decidimos ampliar o tamanho da janela nas nossas transmissões", falou.

De acordo com Isabela Conchal, 23 anos, tradutora e intérprete de Libras aprovada no concurso da Casa de Leis, a maior dificuldade encontrada por ela está relacionada aos termos técnicos que constantemente norteiam as sessões plenárias e por isso quer estudar uma maneira de passar para o público surdo uma tradução mais prática sobre tudo o que é dito. “Levar a informação e acessibilidade para o surdo é permitir que ele seja um cidadão ativo e se torne uma pessoa pró-ativa. A inclusão social é fantástica e tem que ser comemorada com toda a certeza”, esclareceu.

Já Larissa Sisti, 22 anos, também aprovada no concurso público da ALMS para o cargo de tradutora de Libras, destaca que as atividades que começaram a ser desenvolvidas pela dupla são uma grande conquista para a comunidade surda, especialmente pela importância da Casa de Leis na vida da população sul-mato-grossense. “Todos precisam de informação e no caso dos surdos ela não os atingia. Agora, por meio das nossas mãos, essa informação será garantida”, comentou. 

Conquista - O presidente da ALMS, deputado Junior Mochi (PMDB), ressalta que os serviços oferecidos aos surdos por meio das intérpretes são uma conquista para o parlamento. “Tomamos decisões que vão de encontro à população e precisamos agir com compromisso para resgatar, valorizar e aproximar os cidadãos da Assembleia Legislativa. As traduções das intérpretes garantem a aproximação das sessões àqueles que, por razões óbvias, não têm condições de ouvir e agora terão a possibilidade de acompanhá-las por meio da Libras”, destacou.

O deputado Zé Teixeira (DEM), 1º secretário da Casa de Leis, frisa que as maiores casas legislativas do Brasil contam com tradutores e intérpretes de Libras. “Essa Mesa Diretora caminha visando a modernização dos trabalhos no legislativo. É uma grande satisfação nossa  a Assembleia oferecer esses serviços durante as transmissões ao vivo das sessões. Estamos muito orgulhosos”, comemorou.

Já o 2º secretário, deputado Amarildo Cruz (PT), explica que a aproximação entre a população e a ALMS é mais uma vez garantida. “Atingimos um público que tem condições de acompanhar o que está acontecendo por meio desse serviço que a Casa passa a disponibilizar neste momento, colocando em contato mais direto os surdos do que acontece na Casa de Leis. Mais um passo para democratizar o acesso a tudo o que acontece no legislativo”, concluiu.

Veja Também

Índios de Dourados recebem equipamentos para a agricultura
Denatran suspende pagamento de multas com cartão de crédito ou débito
Projeto estabelece isenção de carência em planos de saúde
MPF denuncia sete por fraude em licitação no aeroporo da Capital
Procon recolhe produtos vencidos e abre processo contra rede de mercados
Pedidos de aposentadoria por telefone e internet
Trânsito CCR MSVia destaca operações pare-e-siga na BR-163/MS Em caso de chuvas, as obras serão suspensas
Nacional Mais 21 serviços no INSS poderão ser agendados pela internet Agendamento vai começar a partir de quinta-feira, 24 de maio
Taxa de inscrição no Enem deve ser paga até quarta-feira
Greve compromete escoamento da safra