Campo Grande •22 de Janeiro de 2018  • Ano 7
OrganizaçãoIvan Paes BarbosaDiretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Full banner águas guariroba - campanha dezembro

Da redação | Sábado, 9 de Setembro de 2017 - 10h17Assembleia de MS agora tem intérprete de Libras em sessõesJanela em que as profissionais ocupam na tela da TV foi ampliada

(Foto: Victor Chileno/Assembleia Legislativa)

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul conta agora com os serviços de duas intérpretes da Linguagem Brasileira de Sinais (Libras), que já acompanham as sessões plenárias nas transmissões ao vivo pela TV ALMS informando ao público surdo tudo o que acontece. Para uma melhor visualização do telespectador, a janela em que as profissionais ocupam na tela da TV foi ampliada no sentido de garantir que todas as discussões sejam entendidas da melhor maneira.

Conforme a jornalista Ligia Sabka, gerente da TV ALMS, pesquisa com surdos foi realizada por equipe técnica para saber quais as principais dificuldades encontradas por eles quando assistem programas que oferecem os serviços da Libras. “Muitos disseram que a janela em que os tradutores e intérpretes ficam é pequena e diante disso alguns sinais geralmente não eram compreendidos. Por esse motivo decidimos ampliar o tamanho da janela nas nossas transmissões", falou.

De acordo com Isabela Conchal, 23 anos, tradutora e intérprete de Libras aprovada no concurso da Casa de Leis, a maior dificuldade encontrada por ela está relacionada aos termos técnicos que constantemente norteiam as sessões plenárias e por isso quer estudar uma maneira de passar para o público surdo uma tradução mais prática sobre tudo o que é dito. “Levar a informação e acessibilidade para o surdo é permitir que ele seja um cidadão ativo e se torne uma pessoa pró-ativa. A inclusão social é fantástica e tem que ser comemorada com toda a certeza”, esclareceu.

Já Larissa Sisti, 22 anos, também aprovada no concurso público da ALMS para o cargo de tradutora de Libras, destaca que as atividades que começaram a ser desenvolvidas pela dupla são uma grande conquista para a comunidade surda, especialmente pela importância da Casa de Leis na vida da população sul-mato-grossense. “Todos precisam de informação e no caso dos surdos ela não os atingia. Agora, por meio das nossas mãos, essa informação será garantida”, comentou. 

Conquista - O presidente da ALMS, deputado Junior Mochi (PMDB), ressalta que os serviços oferecidos aos surdos por meio das intérpretes são uma conquista para o parlamento. “Tomamos decisões que vão de encontro à população e precisamos agir com compromisso para resgatar, valorizar e aproximar os cidadãos da Assembleia Legislativa. As traduções das intérpretes garantem a aproximação das sessões àqueles que, por razões óbvias, não têm condições de ouvir e agora terão a possibilidade de acompanhá-las por meio da Libras”, destacou.

O deputado Zé Teixeira (DEM), 1º secretário da Casa de Leis, frisa que as maiores casas legislativas do Brasil contam com tradutores e intérpretes de Libras. “Essa Mesa Diretora caminha visando a modernização dos trabalhos no legislativo. É uma grande satisfação nossa  a Assembleia oferecer esses serviços durante as transmissões ao vivo das sessões. Estamos muito orgulhosos”, comemorou.

Já o 2º secretário, deputado Amarildo Cruz (PT), explica que a aproximação entre a população e a ALMS é mais uma vez garantida. “Atingimos um público que tem condições de acompanhar o que está acontecendo por meio desse serviço que a Casa passa a disponibilizar neste momento, colocando em contato mais direto os surdos do que acontece na Casa de Leis. Mais um passo para democratizar o acesso a tudo o que acontece no legislativo”, concluiu.

Veja Também
População pode se cadastrar para receber alertas de desastre da Defesa Civil por SMS
Macaco é encontrado morto em fazenda
Mega-sena acumula e pode pagar R$ 20 milhões na quarta-feira
Domingo, 21 de Janeiro de 2018 - 07h20Campo Grande terá máxima de 37º Pode ocorrer pancadas de chuvas em regiões isoladas
Aeroporto de Campo Grande comemora 54 anos
Sábado, 20 de Janeiro de 2018 - 12h29Emílio Ribas tem dois meses de espera Em São Paulo já fica de espera para conseguir a imunização
Termina domingo eleição do prato de Campo Grande
Devotos passam o dia festejando São Sebastião
Cai o número de acidentes e mortes na BRs em 2017
Sindicato fideliza filiado com serviços
Square notícias UCI 2018
Vídeos
Últimas Notícias  
Diário Digital no Facebook
Rec banner - Patio central
DothShop
DothNews
© Copyright 2014 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
© Copyright 2018 Diário Digital. Todos os Direitos Reservados
 Plataforma Desenvolvimento