Menu
23 de junho de 2018 • Ano 7
Diretor de RedaçãoUlysses Serra Neto
Acidente

Araras atropeladas na BR 163

Aves foram recolhidas no trecho próximo a cidade de Bandeirantes

15 Set2016Da redação09h10

Policiais Militares Ambientais de Campo Grande receberam hoje às 7h00, duas araras da espécie Ara ararauna (arara-canindé). Um morador de Campo Grande, que viajava pela BR 163 encontrou os animais mortos às margens da rodovia, entre as cidades de Bandeirantes e Jaraguari.

Ele afirmou à PMA que os animais tinham sido atropelados e já estavam mortos, quando ele chegou, não sabendo precisar a hora do acidente. O homem afirmou conhecer os trabalhos de Educação Ambiental da PMA utilizando animais taxidermizados (empalhados) para discutir os problemas de fauna, incluídos os atropelamentos e, depois de telefonar para um policial militar ambiental pedindo informações de procedimentos, trouxe as araras para entregá-las à PMA na Capital.

Veja Também

Estudo avalia se hidrelétricas na Bacia do Paraguai causam impacto ambiental
OAB anuncia novo recurso contra cobrança de bagagem em aviões
TJ mantém condenação por homicídio culposo em acidente de trânsito
Caravana da Saúde está de volta e ampliada
Assomasul promove treinamento sobre fiscalização de imposto
Empresa realiza maratona de programação para escolher estagiários
Obras do Reviva Centro alteram linhas de ônibus neste fim de semana
Em Brasília, cemitério que abriga personalidades é ponto turístico
Universidade realiza corrida de carrinhos de rolimã neste sábado
Projeto de Fábio Trad atualiza legislação militar no combate a crimes sexuais